segunda-feira, 10 de outubro de 2011

Atleta morre perto da meta


                                                                        É a segunda vez em cinco anos que morre um participante na Maratona de Chicago.

A Maratona de Chicago, uma das mais prestigiadas do mundo, foi palco de uma tragédia no passado domingo com a morte do maratonista, William Caviness, a 500 metros da meta.
William Caviness, bombeiro de 35 anos, teve uma falha cardíaca quando se dirigia para a meta e ainda foi assistido no local, mas acabaria por morrer no hospital, duas horas depois do colapso.
O maratonista corria para angariar fundos para ajudar vítimas de queimaduras. A autópsia está marcada hoje.
fonte:http://desporto.sapo.pt/atletismo

Sem comentários:

Enviar um comentário