quarta-feira, 23 de novembro de 2011

Porquê correr


Hoje corro eu...
Pois é meus caros uma semana  depois cá estou eu para mais uma troca de palavras sobre a corrida.A gripe que esta semana tomou conta de mim já fez estragos ,logo agora que eu estava a recuperar , á três dias que não corro , e  a falta que a corrida me faz por estes dias cada vez mais "cinzentos"....De facto ás vezes é preciso estar ausente de se fazer aquilo que se gosta para se lhe atribuir a verdadeira importância.Quando me perguntam .Porquê correr?por vezes não tenho palavras para exprimir , nem como explicar.
Porquê? Se não há medalhas, nem troféus; Se não temos aplausos, nem hino de vitória.. Só o silêncio. Porquê então? Se não há dinheiro, nem contratos; Se não tem flashs, cãmeras, nem pódio, nem glória... Talvez só uma luz. Onde estão as pistas, os campos, os estádios? Onde estão os adversários, os rivais? Onde está o tempo? E o limite, onde está o limite?  Porque correr é mais do que um desporto é uma paixão.
BOAS CORRIDAS.

Sem comentários:

Enviar um comentário