quarta-feira, 25 de janeiro de 2012

Meia maratona Manuela machado , nem tudo foi bom

A igualdade de tratamento é um direito


Bem sei que com os tempos que correm não é muito justo criticar quem algo faz , mas quando se trata de descriminação e incompetência não consigo calar a minha revolta.
Já muito foi dito sobre as coisas boas que esta prova teve , que continua a ter um crescimento muito grande e que já tem larga importância no calendário nacional , acontece que esta prova tem como cabeça de cartaz a ex- atleta profissional Manuela Machado , grande atleta que ocupou um destaque muito grande durante muitos anos no atletismo internacional por isso aumenta a sua responsabilidade. A organização  descurou alguns aspectos na organização desta meia maratona , tais com:
-ausência de escalão para atletas veteranas femininas , quando hoje em dia quase todas as grandes provas têm.
-todos os atletas que chegaram a partir da 1:55.não tiveram direito ao prémio da tradicional garrafa de vinho.
Tem que haver um tratamento igual para o 1º classificado como para o ultimo porque sem este não á
 o outro e sem veteranos acaba o atletismo.
Claro que ninguém corre a este nível por prémios (normalmente antes de começar já se sabe quem os ganha) mas é por uma questão de equidade que deixo aqui este meu reparo.

2 comentários:

  1. eu corri com o dorsal n 415 e fiz 1 h 52 m e não tive direito á garrafa um abraço

    ResponderEliminar
    Respostas
    1. só tinha conhecimento a partir da 1:55 eu fiz 1:43:00 mas ainda tive mas logo vi que o stock estava a terminar.um abraço.na próxima eu levo uma do verde cá de Amarante...

      Eliminar

Um "Mar de atletas" Invadiu o Porto de Leixões

...quase a terminar um Verdadeiro Mar de atletas invadiu ontem  o Porto de Leixões na 4ª  CORRIDA PORTO DE LEIXÕES   prova organizada...