quinta-feira, 29 de março de 2012

O pódio aos 73 anos...

Alberto Silva-no , pódio aos 73

  • hoje corro eu
Não acredito que exista melhor vitoria que chegar á "casa"dos 70 e andar a correr ...quem me dera....!
Pois  mas é o que acontece a muitos dos nossos companheiros de pelotão , ainda á bem pouco tempo aqui falei de um o nosso querido" velhinho Alberto"atleta  do Rio Largo ele que é um autentico ferrinho a participar nas principais provas  que se realizam um pouco por todo o pais e não só...sim porque no passado domingo Alberto Silva participou na famosa meia maratona de Vig-bay( http://www.vig-bay.com) alcançando o segundo posto no seu escalão (mais de 70 anos)É  sem duvida algo que só pode funcionar como um estimulo para todos em especial para aqueles que não correm e que mesmo na "casa"dos 40 ou 50 já dizem que estão velhos.Sei que não é fácil (quantas vezes faço mil e uma tentativa para começar a correr) mas depois de começar o resultado final é de tal ordem fantástico que vale bem a pena o sacrifício de começar.Boas corridas e até para a semana

segunda-feira, 26 de março de 2012

Meia de Lisboa com 6975 corredores...

Flanagan  (1:08:52)
Amarante tem mais duas senhoras a correr a meia maratona


Tal como estava previsto foi batido o recorde de participações de atletas que terminaram a meia maratona
Segundo a organização foram 6975 os que correram a distancia da meia maratona( 21097) metros.
Em comparação com a edição de 2011  a subida foi de 644 atletas .
Um facto a registar (tal como escrevi no sábado) é que correr uma meia maratona não é para qualquer um e que me desculpem os que se encontrarem neste grupo mas na minha opinião é preferível correr a mini que correr em mais de 3 horas , acho que deve ser um sofrimento terrível.Claro que é preciso saber sofrer sem dor não há gloria , mas penso não ser de bom senso entrar na prova sem estar preparado , e reparem que foram algumas centenas que correram acima das 3 horas.
Um facto a registar mais uma vez é a grande participação feminina , e se o ano passado Amarante ficou com a única representante nesta distancia (Natércia Teixeira que terminou com 2:01:05) agora já são três  dado que Elisabete Ribeiro e  Vânia Serafim terminaram com êxito a sua participação ,  os meus parabéns e que continuem  com esta determinação na pratica da corrida .
No plano competitivo a vitoria foi como se previa para Zerzenei Tadese em masculinos e na prova feminina para a norte- americana Shalane Flanagan .

sábado, 24 de março de 2012

Meia Maratona de Lisboa , quantos vão correr a meia ?

António Pinto , vencedor em 1998
Está tudo pronto para a 22ª edição da meia maratona de Lisboa , segundo os seus organizadores são 37 000 que vão lá estar batendo todos os recordes.
Este ano  não vou poder estar presente (já corri 5 edições) mas á uma coisa que ano após ano vejo nesta prova , a pouca diferença que os seus organizadores fazem entre quem corre a meia (21 097 metros) e a mini a caminhar ou a correr( pouco mais de 7km). A imagem que fica para a opinião publica (para os leigos na matéria) é que vão lá estar 37 000 , mas para nós que andamos nisto sabemos que não é bem assim , porque correr uma meia maratona não é para todos e para que não fiquem duvidas é bom lembrar que na edição do ano passado terminaram 6331 atletas.
é sem duvida uma festa participar nesta prova mas espero que a organização (que tanto se preocupa com os prémios para as "elites" não se esqueça que se não fossem os atletas populares a prova pouca importância tinha .
Tal como já é habitual Amarante vai estar representado por um grande grupo de corredores , que assim mantêm a  tradição de participar nesta prova alguns deles com a quase totalidade das 21 edições , Amarante tem mesmo um vencedor neste prova e que na altura até bateu o recorde do mundo( não homologado) Foi António Pinto em 1998.
Boa sorte a todos .

quarta-feira, 21 de março de 2012

A corrida do Pai em números

São 29 os anos que nos separam mas o mesmo
 objectivo:
"o prazer da corrida"
Para quem gosta de correr mas ao mesmo tempo também gosta de números será interessante seguir o que realmente se passou nesse particular na corrida do pai que se realizou este domingo no Porto.Assim de um total de 3500 atletas que cortaram a meta 564 eram mulheres o que  corresponde a uma media fora do comum , pois aproxima-se dos 20%de participação o que é sem duvida assinalável. A Runporto com o seu sistema de cronometrarem permite-nos ver por escalões  também em femininos (coisa pouco comum em quase todas as provas , algumas nem têm escalões para veteranas)assim tivemos 2 participações no escalão F18, 417em F20 , 71 em F40,  74 em F45.No sector masculino o destaque vai para a muita juventude (que confirma o que escrevi no artigo de sábado)pois no escalão de M20 terminaram 1633 atletas , 6 em M17 , 15em M18 , 392 em M40(o meu escalão)366 em M45 , 211 em M50 , 172 em M55 , 140 em M60 , no total de 2935 .Para concluir direi que é bonito de ver tantas gerações cada um com o seu ritmo mas que têm o mesmo objectivo de  terminar , e no final todos dizem: venha a próxima !No domingo tive oportunidade de tirar uma fotografia com uma das figuras mais antigas do nosso pelotão ,o "velhinho "Alberto como eu  carinhosamente lhe chamo quando passo por ele (por norma ao 2º km) também fez questão de participar apesar dos seus 73 Anos (não existe escalão M70)foi 88º classificado em M60 .Parabéns pois para alem da sua presença presenteia-nos sempre com um largo sorriso e boa disposição. Click aqui para ver as Fotos da corrida do Pai (autor: Filipa Branco Batista -correr porprazer)

terça-feira, 20 de março de 2012

Corrida do Pai foi um sucesso absoluto

Amarante running team na corrida do Pai
Jovem amarantino Fábio Brites vence escalão M18

Participei pela primeira vez na corrida do Pai que já vai na sua 9ªedição , esta prova que faz parte do calendário de provas organizadas pela Runporto foi um autentico sucesso a todos os níveis , com uma organização fantástica , tal como tem sido apanágio desta empresa nortenha que prima pela qualidade em todos os seus eventos.
Não podemos ficar indiferentes ao momento actual que o pais atravessa e 13 000 pessoas a correr é de facto "obra"de muita competência e profissionalismo , ainda por cima não tinha atracão em termos competitivos visto que os prémios a atribuir eram baixos.Rui Pedro Silva e Leonor Carneiro foram os vencedores de uma prova em que o mais importante foi conseguido ou seja juntar várias gerações desde pais a filhos para um convívio fantástico numa manhã que até o S.Pedro ajudou.
Tal como estava previsto lá estivemos presentes com 4 atletas eu que terminei dentro do que me é possível neste momento , percorri a prova principal de 10KM em 47:36:05 ,  Luís Filipe terminou com 36:38:01(depois de ter feito os 5 primeiros km em 17:10:01) José machado que completou 57 anos neste dia foi brilhante 6º classificado no seu escalão com 40:40:01 e a Natércia que mesmo sem treinar com regularidade  lá vai batendo os seus próprios recordes terminou com 51:50:01.Terminaram a prova principal de 10km 3494 atletas e mini de 7km 9506,num total de 13000 . Parabéns a todos e continuem a correr depressa ou devagar tanto faz o importante é terminar sempre a sorrir.

domingo, 18 de março de 2012

Ultimo adeus a ANTÓNIO LEITÃO

Esta é uma noticia muito triste , daquelas que ninguém gosta de dar.Hoje participei no Porto na corrida do pai antes da partida o speaker pediu uma salva de palmas para alguém que estava doente e que não podia estar presente como era previsto , era ANTÓNIO LEITÃO .
Quando cheguei a casa recebo a noticia que tinha falecido!A partida de um grande atleta que sempre que possível estava presente nas mais diversas provas de atletismo a  incentivar todos os participantes.
O antigo atleta sofria de hemocromatose, uma doença pouco comum, caraterizada pela excessiva absorção de ferro, o que provoca perturbações diversas no organismo, nomeadamente problemas hepáticos e de diabetes. Um até sempre a este grande campeão e 
medalhado olímpico.

sábado, 17 de março de 2012

O impossível é possível....

A juventude está na estrada

  • hoje corro eu
Mais uma vez cá estou para mais uma cronica semanal "Hoje corro eu".
Se tudo correr dentro do previsto amanhã lá estarei no porto para participar na corrida do pai onde está  preparada mais uma grande festa da corrida popular , a grande terapia do povo.
De facto fico estupefacto com a adesão que nos últimos tempos têm as corridas populares em especial as grandes organizações como a meia de Lisboa assim como as provas organizadas  pela runporto.
Hoje ficamos a saber que em Lisboa esgotaram as inscrições e no Porto a mesma coisa é caso para perguntar :porque será?
Ao deslocar-me ontem á alfandega para levantar os dorsais vi muita gente nova , alguns que iam participar pela primeira vez numa corrida de estrada com tanta gente.É para mim fantástico quando vejo a juventude associada ao desporto é sinal de vitalidade de amor pela vida e a prova que ao contrario do que os nossos políticos  querem fazer crer , temos futuro .
Achei curioso ao nome que alguns desses jovens deram a equipa em se inscreveram "o impossível é possível".
Assim esperamos que cada vez sejam mais para que se possa dizer "a única forma de alcançar o impossível  é pensar que é possível".
Até para a semana e boas corridas.

terça-feira, 13 de março de 2012

Corrida do Pai já tem 10 000 inscritos


Foi  apresentada à imprensa nas instalações da EDP GÁS na cidade do Porto a 9ª Edição da Corrida do Dia do Pai, que no próximo dia 18 de Março decorrerá nas ruas da Invicta com partida e chegada junto ao parque da Cidade. Como oradores a conferência contou com a presença do Dr. José Syder, director de marketing, e do Engº João Guimarães, administrador da Empresa, pela parte da EDP Gás; com Jorge Teixeira, da Runporto; com o Engº Vladimiro Feliz, Vice-Presidente da Câmara Municipal do Porto; com o Engº Vítor Neves, Presidente da EuropaColon, instituição para a qual a corrida vai angariar fundos este ano; e finalmente com o padrinho da corrida, o conhecido ex-ciclista Cândido Barbosa.
Além dos citados estiveram presentes outras figuras públicas, de entre as quais se destacam Cláudia Jacques, Miguel Medina, a ex-atleta Aurora Cunha, o ex-tenista Pedro Cordeiro, o Inspector Tavares Rijo, e o dr. Domingos Gomes. Foram também apresentados alguns atletas de elite que para a edição deste ano já asseguraram a participação, casos de Rui Pedro Silva e Mónica Silva.Finalmente, Jorge Teixeira agradeceu a todos os presentes, e em especial à EDP GÀS, a confiança que nele tem sido depositada, e prometeu uma vez mais colocar na estrada todo o seu empenho e profissionalismo para que a meta dos 15000 participantes seja uma vez mais atingida, já que até ao momento estão já inscritos 10 mil pessoas.
fonte :runporto

domingo, 11 de março de 2012

Nunca é tarde para começar e é sempre cedo para desistir

Lucina Ratinho (foto globo blogs)
Ora ai está uma historia de vida a fazer "jus"ao meu lema a frase que eu próprio criei e me serve de motivação para tantos e tantos momentos na vida  .A historia vem do pais irmão o Brasil de uma cidadã brasileira mas que pode servir de exemplo para qualquer um em qualquer parte do mundo.Partilhe então comigo:
"A paulistana Lucina Ratinho levantou um dia da cama e decidiu começar a correr. A decisão veio com a experiência dos seus 57 anos, na época. Mesmo ouvindo de muita gente que ela já devia aposentar os tenis e não adquirir um, Lucina foi em frente nas pistas, primeiro caminhando, mas logo podia se ver as passadas aumentando até que ela virou uma corredora. Desde então, já se passaram dez anos, e Lucina pegou gosto pelo desporto  tanto que hoje ela se aventura pelo mundo das ultramaratonas. São provas de 100km ou 24 horas de duração. É de dar inveja em muito jovem por aí.Exemplo de vitalidade, amor pela vida, energia, felicidade e superação, Lucina é uma alegria constante nas pistas. Ela só quer comemorar e explica que não é uma busca por vitória - de primeiro, segundo, terceiro lugar. O que importa é celebrar a vida, se divertir, interagir com os outros e, mais do que nunca, dar um adeus ao stress do dia a dia. “O que eu penso quando estou correndo? Em nada (risos). Fico completamente zen. Vou nas corridas para brincar com os amigos, que são muitos”, conta a atleta, sempre sorridente. “Adoro filmar e fotografar durante a prova e dar apoio àquele que não está bem ou quase desistindo. Paro para fazer massagem quando alguém está com câimbra".Lucina trabalha como florista e acredita que a rotina do trabalho ajuda nas corridas e vice-versa. “Fico em pé quase 12 horas por dia, de domingo a domingo. Só não trabalho quando tenho alguma corrida. Meu emprego me dá muita resistência para as provas e na pista também encontro a força para continuar trabalhando”, avalia.
Com orientação do técnico Branca, ela treina toda semana, sem se cobrar tempo e distâncias. “O treino sempre visa o bem-estar e a alegria. O técnico nos diz que o importante é terminarmos bem e bonitos para as fotos. Costumo fazer as meias para treinos. Adoro mesmo as ultras, de 6, 12, 24 horas”.
Com a propriedade de quem começou a correr aos 57 anos e teve sua vida transformada, Lucina aconselha aqueles que ainda não começaram a correr: “Todas as pessoas deviam ter uma atividade física, pois, além de fazer um grande bem à saúde, elas serão mais alegres, sem stress , com o organismo funcionando perfeitamente, farão grandes amigos, além de manter o peso ideal sem precisar de dietas. A pessoa fica zen, não dá tempo de pensar em problemas”.
Ela deixa um recado a todos os corredores: “O grande prazer da vida é fazer o impossível. Eu ainda chego lá!”, revela a corredora"
historia publicada em  o Globo .com

sábado, 10 de março de 2012

Meia maratona de Cortegaça a 13 de MAIO

É sempre com satisfação que vamos  publicando as noticias sobre provas que estão "enraizadas"nos atletas do pelotão.Cortegaça é uma delas , esta tradicional meia maratona que já vai para a sua 28ª edição vai mais uma vez para a estrada com a organização de "os falta de ar" clube que á muitos anos é responsável  por uma das meias maratonas mais participadas em Portugal . Numa altura em que muitas provas estão a ser canceladas foi com grande satisfação que recebi hoje mesmo o convite de "dos falta de ar"

para participar e promover este evento.Para todos os interessados podem consultar o regulamento da prova  aqui:(http://osfaltadar.blogspot.com/)

sexta-feira, 2 de março de 2012

Quando a CORRIDA vence a depressão

foto :google


  • hoje corro eu

Cada vez mais estudos estão comprovando que o exercício físico  provoca alterações significativas no cérebro, entre elas a produção de novos neurónios, com efeitos comprovados para depressão similares aos de medicamentos de última geração. 
A jornalista americana Daniele eissettp://www.washingtonpost.com ), contou  num relato ao jornal como a corrida a livrou da depressão depois de tomar muitos remédios e de fazer terapias que não deram certo.
Eu nem sei dizer ao certo quando os pensamentos sombrios começaram a tomar conta da minha vida. Mas eu me lembro, quando tinha apenas 6 anos, que chorava todos os dias. Eu não dormia à noite. E quando dormia, eu tinha pesadelos.
 Eu até parei de comer”, escreveu a jornalista. Ela contou que diversos tratamentos desde a infância vinham sendo usados, mas sem sucesso. “Em meados de 70, o pediatra tentou tratar-me com analgésicos. Um pouco mais tarde, tentei a terapia”.Cansada de tantos remédios e terapias que não acabavam com sua depressão, Daniele, já na casa dos 20 anos, resolveu fazer longas caminhadas, de 40 kms. 
O efeito foi imediato. Aos poucos ela começou a correr e, hoje, é maratonista
Ela contou que quando precisava interromper as actividades físicas por algum motivo a depressão voltava.Os especialistas dizem que o exercício intenso induz a produção de hormônios como a endorfina e a prolactina, que exercem a função de calmantes naturais no cérebro, reduzindo a resposta ao stress. Isso faz com que as pessoas que se exercitam regularmente se sintam mais relaxadas e menos ansiosas. "
Tambem entre nós estudos recentes reforçam esta ideia ,o conceituado medico Jorge Pereira(http://venceradepressao.com) foi recentemente premiado devido a um método inovador no combate á depressão e em que a prática da actividade fisica tambem está presente. Pessoalmente posso atestar que é mesmo assim , pois para alem de o conhecer pessoalmente tenho exemplos de resultados muito positivos.Boas corridas e até para a semana.

Pausa na Corrida

Pouco mais de 48 horas após a Meia Maratona de ovar tive um problema de saúde  por esse motivo  irei "Fazer uma Pausa na corrida&qu...