domingo, 21 de dezembro de 2014

III Amarante Christmas Trail , o "outro"lado da corrida

..quando uma imagem vale mais que mil palavras

Participamos hoje no III Amarante Christmas Trail este que não é habitualmente o nosso mundo das corridas acabou por nos mostrar o "outro lado das corridas", ou seja uma forma diferente de praticar a corrida muito mas mesmo muito diferente das provas de estrada .

Decidi participar com a Natércia e com ela fazer a prova para poder desfrutar de uma prova de 27 km que teve de tudo um pouco desde logo a começar pela nossa mensagem de esperança que levávamos estampada na camisola .
Não me vou alongar muito até porque ainda não consegui descarregar as emoções , correr na minha terra (adoptiva)  , correr com a Natércia numa prova tão dura que mais uma vez superou e  continuar a ter o meu filho a receber os pais  na meta ...ver e rever amigos que á muito não via ..e sempre ...sempre a pensar como gostava que o João Marinho estivesse presente.
Quanto ao tempo era o menos importante , durante a prova foram tantas as emoções   que me esqueci do tempo , mas sempre digo que foram mais de 4h30 para terminar os quase 28,5km do percurso(distancia medida pelo meu GPS)
A organização esteve no meu ponto de vista bem , nada a assinalar, parabéns por conseguir reunir 650 pessoas nesta magnifica terra. 
Como as imagens valem mais que mil palavras fica aqui retratado o que consegui fotografar durante a prova e que traduz a sua dureza , sua beleza e a emoção...o resto é paixão pela corrida.















terça-feira, 16 de dezembro de 2014

III Amarante Christmas Trail...EM CLIMA DE MUITA SAUDADE

A Associação Desportiva de Amarante vai organizar, através da sua secção de Trail Running, o III Amarante Christmas Trail.

O sucesso está garantido ao ponto das inscrições  para as três iniciativas (caminhada , mini-trail de 12 km e trail longo de 27 km ) terem encerrado antes da data prevista.


 No total são 600 atletas que no próximo fim de semana vão invadir algumas das magnificas aldeias deste concelho , assim como algumas artérias desta fantástica cidade que por estes dias se transformou em "cidade presépio"para acolher os muitos turistas que a visitam.


De realçar que esta prova que já vai na 3º edição pela primeira vez tem um cariz oficial atribuindo distancias com um grau de dificuldade media e que é excelente para quem como eu não está muito habituado a este tipo de provas mas que decidi participar pelo segundo ano consecutivo para visitar locais que de outra forma seria impossível em especial as aldeias próximas do Marão que são de  uma beleza incomparável.


Como não podia deixar de ser a prova será marcada por um clima de muita saudade pela ausência de um seus mentores que até á data continua desaparecido estou a falar obviamente de João Marinho que para alem de grande atleta é amarantino e um cidadão do mundo que está no coração de todos os amantes da corrida e da natureza.


Vou participar com a Natercia  na prova de 27 km ela que tal como eu ama a corrida mas muito mais a natureza , será certamente um "passeio"bonito bem diferente das provas de estrada que habitualmente participamos.


Para todos os que nos irão visitar uma boa viagem e desfrutem desta magnifica terra .


Boas corridas.E um santo e feliz NATAL.


terça-feira, 2 de dezembro de 2014

Um mês depois a Esperança continua viva

"Valorizo cada vez mais a importância de coisas simples da vida,
 a família os amigos, o amor,
o trabalho e a verdade. Sinto-me apaixonado pela vida,
pelas pessoas e pelos animais.
Não resisto a uma troca de carinho sempre que me cruzo com um. "
"I
(João Marinho)
Quase um mês depois do desaparecimento do nosso conterrâneo o atleta João Marinho a comunidade corredora assim como todos os seus amigos e familiares continuam com a Esperança viva que O João vai aparecer.
Confesso que estes últimos trinta dias foram para mim de uma riqueza humana incrível  , ver como é possivel que um simples ser humano tivesse levantado uma onda solidaria gigantesca mobilizando todos os quadrantes desde os desportivos a própria comunidade civil que se apercebeu da grandeza deste Jovem atleta e ser humano de eleição.
Eu próprio que como já disse neste blog não conhecia tão profundamente o João como conheço agora, falei com ele algumas vezes mas não o suficiente para ter a certeza que estava na presença de um super atleta , um aventureiro alguém que amava a natureza a corrida como ninguém.
Como devem calcular também já ouvi algumas criticas como por exemplo o facto de se aventurar a ir para os picos da Europa  nesta época , mas esses são aqueles que de aventura nada sabem , que pouco ou nada arriscam e que vão passar pela terra sem saber se ela é redonda ou quadrada...
Depois de ler algumas passagens sobre as suas aventuras só tenho a dizer como eu tenho "inveja"de tudo o que ele já viveu por esse mundo fora , experiências únicas que enriquecem qualquer ser humano .

O João é um aventureiro gosta de arriscar , ainda recentemente numa  expedição á Ásia  ele dizia "
Esta é a minha forma de viajar. Explorar, aventurar-me, perder-me e já sinto saudades de uma aventura assim. "
Estou certo que ele imaginava que algum dia lhe podia acontecer o que neste momento todos sabemos e isso só alimenta a minha esperança de ele saber como lidar com a situação , acredito (nada me diz o contrario neste momento)que ele possa estar vivo e logo que possa vai causar-nos uma surpresa.
Dia 21 de Dezembro realiza-se III Amarante Christmas Trail prova em que ele foi pioneiro , o que mais gostava era que ele estivesse presente para todos lhe darmos um grande abraço e acabar com esta ANSIEDADE!
Um mês depois a Esperança continua viva , eu como crente continua a acreditar .



quinta-feira, 27 de novembro de 2014

Convida-me para correr...não para treinar...

com alguns dos meus companheiros de corrida
Já por uma vez me dediquei a este tema aqui no blog com o Titulo "vais correr ou vais treinar".Pois bem hoje e depois dos inúmeros convites que as redes sociais agora permitem que se façam de uma forma quase que diria em doses industriais , lembrei-me e acho que a prepositivo de voltar ao tema.
É notório o crescimento desta pratica desportiva  , muitos dizem que é moda , mas eu cá por mim não vou nessa pois não estou a ver ninguém a correr só porque é moda ou fica bem , correr exige sacrifício e dedicação por isso muito mais tem que haver para alem de "ser moda".
Cada um corre ao seu jeito , corre por saúde , corre pelo convívio , corre por mil e um argumentos  que só cada um pode responder.
Correr em grupo tem as suas vantagens , mas para correr em grupo é preciso que todos os elementos do grupo comunguem do mesmo espírito e camaradagem .
Muitos são os grupos que vejo a correr que mais parece que vão em competição uns com os outros , fazendo de cada treino uma competição própria , ora só por si neste tipo de grupos esgota-se no espírito do que deve ser correr em equipa .
Devemos ser na corrida o que somos no nosso dia a dia (ou todos deviam ser) honestos com todas as atitudes na relação que se deve ter para com o nosso próximo , se temos objectivos diferentes devemos ter a coragem de os transmitir .
Por isso meus caros convidem-me para correr , não me convidem para treinar ...eu não treino corro!
Mas onde está a diferença ?
Perguntarão alguns dos meus caros leitores , pois bem a diferença está no espírito com que eu encaro a corrida a este nível , que deve ser assim sem grandes comprometimentos  levada num espírito de saudável relação e convívio , o resto , a competição fica para os que de facto "treinam"esses sim com outros objectivos.
A correr ou a treinar sejam felizes , e boas corridas.



quarta-feira, 12 de novembro de 2014

Façam sempre por amarem a vida que vivem!

João Marinho
Meus caros amigos corredores , amantes da corrida e da natureza , por estes dias parece que algo de nós se perdeu devido ao desaparecimento nas montanhas  das Astúrias do João Marinho atleta amarantino , cidadão do mundo .
Todos vós devem ter conhecimento desta triste noticia , a comunicação social tem dado o devido destaque , a comunidade local em especial aqueles que estão mais de perto com este desporto estão de certa forma ansiosos e á espera que amanhã com a chegada de uma equipa especializada ao local possam juntamente com a policia espanhola  encontrar o "nosso"João.
Não tenho particularmente uma amizade com o João  falei com ele algumas vezes e apenas tive oportunidade de correr com ele uma única vez , mas é daquelas pessoas que merecem viver tal é a forma alegre e contagiante como se relaciona com os outros.
O João Marinho ama a natureza e a corrida resolveu mais uma vez ir ao encontro das montanhas desta vez na vizinha Espanha na zona das Astúrias ele que já correu nos vários cantos do mundo tanto a correr a pé(Trail)como em provas de BTT.

Resolvi por este post para manifestar a minha tristeza mas ao mesmo tempo continuo a acreditar e a ter fé que o recente curso que frequentou de sobrevivência lhe vai ser muito útil
...assim seja.
Termino com uma frase que o João tem no seu blog e que de alguma forma traduz a grandeza da sua alma "Façam sempre por amarem a vida que vivem".
Até já João!

sábado, 8 de novembro de 2014

42 KM de paixão dor e emoção...eis a maratona

As nossas medalhas para a posteridade
Apenas hoje é possível falar sobre a nossa participação na maratona do porto .Decidi para ser o mais sintético possível resumir a participação na maratona em três palavras fortes , que muito dizem do que lá se passou :Paixão , Dor e Emoção.

Esta que para mim era a 3ª maratona e para a Natércia a 2ª tinha sido preparada quase em cima do joelho e com algumas situações de lesões que logo me levaram a estabelecer um objectivo de apenas só terminar e mai nada.
A PAIXÃO  que temos pela corrida ia fazer o resto pois quando se está a fazer parte de um acontecimento a este nível é difícil não estarmos constantemente envolvidos com tudo o que nos rodeia mesmo que a Dor nos queira perturbar .
Uma autentica loucura esta maratona que bateu todos os recordes de participação , logo começou aí a minha alegria de participar , foi um ambiente anormal ver tanta gente a correr a maratona algo impensável á 5 anos quando corri a primeira.
Chegados ao palácio cristal  muito cedo pois nestas coisas sou muito rigoroso , logo comecei a ver muitos e muitos amigos que também eles estavam ali para a festa...o tempo passou muito ´rápido , sempre assim é quando a conversa está boa e se fala do que se gosta , por um lado foi bom pois ajudou a afastar aquele nervoso miudinho que inconscientemente toma conta de nós.
Coloquei-me no sector das 4 horas tal como a  Natércia , os meus objectivos passavam por ali.Encontrei lá os amigos amarantinos  e outros que também eles tal como eu também já estão noutros patamares e agora andam mais devagar.

Começou a emoção e a avenida Júlio Dinis transformou-se num mar de gente , lindo de se ver um arrepio incomparável e indescritível.
Segui na companhia dos meus conterrâneos Fernando e cândido  também eles já conhecedores destas andanças , permanecemos juntos até ao km11 altura em que o Cândido decide aumentar o ritmo fiquei com o Fernando que pouco depois decide abrandar , continuei sem sentir nada de especial e consciente que aquele ritmo iria terminar bem.Aos 15km pela primeira vez vou ao abastecimento um pouco de agua e continuei a tentar manter o ritmo procurando atletas que também eles tivessem os meus objectivos de terminar bem e se possível na casa das 4h.
A Natércia e o Simão
 a poucos metros de cortar a meta
Á meia maratona passei com 1H50  e continuava tudo dentro do normal , passada a ponte Dº Luís começo a ver os primeiros  atletas  conhecidos a vir já da Afurada , ao km 25 pela primeira vez desde que corro recorri ao abastecimento solido , senti que a maquina estava  a precisar de alimento , uvas passas e que bem que me souberam e fizeram.
A partir dali o meu pensamento estava virado para a Natércia , preocupei-me em a ver no retorno para ver como ela ía e eis que ao km 29 para mim e 25 para ela ,  ela aparece com um sorriso de orelha a orelha para me dar um sinal que tudo estava bem...não resisti atravessei fui ao seu encontro e dei-lhe um grande beijo ...foi um momento de grande EMOÇAO que como devem calcular deu azo a muitos comentários e que transcrevo um de um atleta que se aproximou de mim e disse:Lindo, grande momento!
É óbvio que me sinto muito feliz por partilhar estas emoções com quem diariamente faz parte da minha vida e participa activamente na minha felicidade.
Continuo quase em piloto automático e eis que por volta do km 34 sinto uma forte dor no pé .....tentei esquecer mas não deu , ao km 35 encontro o amigo Fernando Andrade do blog cidadão de corrida que tento levar comigo mas também ele estava a passar por um momento menos bom.
Parei mesmo tirei a sapatilha para aliviar a DOR mas logo vi que só tinha uma solução que era andar a passo alternando com corrida  para aliviar a dor provocada por um neuroma que tenho no pé.....estava zangado de tanto bater no chão...e resolveu aparecer .
Assim fiz foram 7 kms penosos onde perdi muito tempo , sofri a dor constantemente mas resisti a não desistir...terminei a minha Odisseia com 3:56:40 mesmo assim dentro do previsto.
Era agora tempo de ir ver a Natércia, por esta altura um autentico diluvio cai sobre a cidade do porto , foi pena pois não deu para confraternizar com os colegas que já tinham chegado e outros que estavam para chegar, o cenário foi arrasador era tudo a fugir tal era a intensidade da chuva ,
Caminhei até ao km 42 e esperei aí por a Natércia que passado pouco tempo aparece com o Simão que a tinha ido esperar ao km 41...foi uma emoção muito grande mais uma vez cortar a meta com o nosso filho ...chegou feliz também ela dentro do que estava á espera tirando mais de 8 minutos ao seu anterior tempo ,terminou com 4:34:35 .
Uma palavra final para a organização que como sempre esteve ao nível muito elevado , recebendo milhares de pessoas de 51 países e 5 continentes.
Muitos parabéns a todos os que participaram nesta grande festa recorde em Portugal.

terça-feira, 21 de outubro de 2014

A 11 DIAS DA MARATONA , A LOUCURA CONTINUA..


É caso para dizer "está tudo louco"!A imprensa de hoje diz que  muito provavelmente serão 5000 atletas a correr a maratona do Porto , isto quando estamos a 11 dias do seu inicio tudo aponta para que o recorde que recentemente se bateu em Lisboa de 2865 atletas a cortar a linha de meta  será batido a 02 de Novembro.

De repente dei comigo a pensar como evoluiu esta prova da maratona nos últimos 5 anos , altura em que pela primeira vez corri esta mítica distancia de 42 195 metros.Nesse  ano de 2009 correram a Maratona do Porto  cerca de 930 atletas dos quais terminaram 839 (766 homens e 73 mulheres) daqui facilmente se pode concluir o progresso "galopante"desta magnifica prova.
O mais admirável é que também nesse ano eram pouco mais de 300 os Portugueses presentes , parte do pelotão eram estrangeiros , pois também neste aspecto as coisas mudaram e apesar de se perspectivar cerca de 40 nacionalidades que irão estar presentes a maioria serão certamente Portugueses .
Para mim enquanto amante da corrida e em especial deste tipo de provas fico muito satisfeito com este novo "quadro"que nos é apresentado sinal que finalmente os portugueses se dedicaram a um modo de vida  saudável que atinge o seu pico de superação nesta mítica prova de resistência física e mental .
Quanto a mim espero lá chegar com saúde para realizar mais este objectivo de terminar mais uma maratona  a preparação correu dentro do esperado agora é esperar pelo dia sempre com o pensamento positivo de quem  vai apenas e só para terminar.Outro grande desejo é que a Natércia se consiga livrar das "malditas"dores no joelho que tanto a têm arreliado e impedido de treinar  algumas vezes  pois também para ela este é um objectivo que persegue e que é óbvio quer concretizar. A todos os que estão a pensar participar desejo tudo de bom , muito animo em especial para quem vai correr a maratona a primeira vez , é uma prova única de superação mas também de realização pessoal que põe á prova todos os nossos limites e que são mais do que muitas das vezes imaginamos.Então boas corridas , treinos ligeiros e até um dia destes..para a loucura final!

segunda-feira, 6 de outubro de 2014

26ª MEIA MARATONA DE OVAR , A PROVA QUE OS DIAS NÃO SÃO TODOS IGUAIS..

Realizou-se este domingo mais uma edição da meia maratona cidade ovar , a 26ª.
Tal como tinha escrito aqui no ultimo poste a nossa participação tinha entre ouros objectivos dar continuidade á preparação para a maratona e assim foi , mas nem tudo correu como o que estava a pensar , mas a vida é mesmo assim e no que toca a corridas todos os que andam nestas andanças sabem que certos dias o melhor é não sair de casa...mas não foi tão mau a esse nível.
Para este fim de semana estava previsto um treino de 25 kms , por isso decidimos antes da prova correr 4km a um ritmo lento como convém para o aquecimento.
Quando nos deslocamos para o local da prova faltavam menos de 10 minutos , a avenida já estava "engalanada"e entupida com os cerca de 4000 participantes nas duas provas por isso a solução foi mesmo ir para a retaguarda facto que levou que quando foi dada a partida só passado quase três minutos se começou a correr .
Fiz como estava previsto o primeiro km com a a Natércia sabia que ela não estava muito bem pois esta semana os joelhos "queixaram-se"da carga de treino mas como tem muita capacidade de sacrifício tomou um comprimido para as dores e deu para aguentar até cerca dos 12km altura em que as dores apareceram de novo .No meu caso programei a prova para 5`por km mas não consegui o objectivo , não sei o que se passou mas entre o km 10 e 15 senti uma forte dor nas pernas que curiosamente foi  desaparecendo a partir dessa altura , terminei com algum sacrifício o que não gosto muito mas dias há´que as coisas não são como se quer , a média foi estragada por pouco o tempo de 1:47:02 é o melhor que consegui fazer , bem longe da 1:32:32 que já tenho nesta prova
A Natércia terminou com 2:04:01e só a sua capacidade de sacrifício e a ajuda preciosa de um veterano de 64 anos permitiram que termina-se .
De facto os dias não são todos iguais e se esta prova era para dar animo de certeza que não deu , mas temos que acreditar , afinal de contas só nós os corredores sabemos que sem sacrifício nada se consegue , para se poder dizer :eu consegui é preciso saber sofrer pois sá assim as coisas têm um sabor especial.

 A organização

Como já tive oportunidade de dizer esta foi a minha 9ª participação em Ovar e a 46ª meia maratona do meu percurso no mundo das corridas , a organização esteve a um nível bom , e só não foi excelente porque continua a cometer o erro (na minha opinião)de tirar dignidade aos atletas que chegam no ultimo terço da corrida, ainda ontem vinham atletas em prova e aqueles últimos 200 metros mais parecia uma "feira"levando alguns atletas a eles próprios terem que se desviarem do publico para passar , como costumo dizer são tão importantes os primeiros como os últimos e á que respeitar todos.Então até breve  boas corridas

segunda-feira, 29 de setembro de 2014

Em Ovar a caminho da Maratona

8 participações na meia de OVAR
O tempo passa a correr , tal como tudo na vida quando menos pensamos e tudo passa   muito rápido.Domingo grande dia da meia maratona de Ovar , prova com tradições em Portugal e uma das mais antigas meias maratonas que realiza este ano a sua 26º edição.
Também para mim é das que mais vezes corri , e das que mais gosto pelo seu percurso , pela organização (um misto de carolice e profissionalismo) e pelo convívio entre muitos "habitues"nestas andanças das corridas.
Estou como já disse em post anterior a treinar para a maratona do porto por isso a meia maratona de ovar é mais um incentivo que aparece na altura certa para ganhar animo e motivação para tão importante desafio como é sempre correr uma maratona.
Está correr dentro do previsto a preparação , já não corro por muitos objectivos e isso torna mais fácil encarar os míticos 42195 metros , quanto mais corro ao meu actual ritmo mais gosto de correr assim , desfrutando ao máximo de tudo o que vai acontecendo em meu redor .
Já são cerca de 450 km percorridos nestas 7 semanas  , domingo será mais uma etapa em que terei que participar com a Natércia que lá vai aguentando o ritmo como pode  sempre com uma garra que a caracterize mesmo nas adversidades como são algumas lesões que têm aparecido.
Para muitos dos participantes na prova mítica a preparação é o mais difícil , quanto a mim muito honestamente é a parte mais fácil , encaro tudo muito normal na perspectiva de que vou para uma festa onde o pior que pode acontecer é não terminar que mesmo assim não é um drama.
Espero encontrar em Ovar muitos companheiros que não vejo á muito , tenho andado arredado de participar em provas (este ano apenas corri 2 meias maratonas)e é sempre um prazer reencontrar amigos que partilham a mesma vontade de correr pelo desporto e pelo convívio entre todos.
Então até á próxima corrida e continuação de bons treinos.


quarta-feira, 17 de setembro de 2014

O EXEMPLO DE COMO ORGANIZAR UMA MEIA MARATONA


Numa altura em que são muitas as provas que  pela primeira vez se vão organizar  , nomeadamente meias maratonas , não quero deixar de dar o meu pequeno contributo para que as mesmas passem da primeira edição e não aconteça como em muitos casos em que os erros acumulados foram tantos que deixaram de se realizar.

Depois de ler o texto do meu amigo João lima sobre a meia de S. João das Lampas  considero    que está "lá "tudo o que os atletas precisam e gostam para voltarem sempre ao lugar onde foram felizes o mesmo é dizer  a correr onde existe respeito mutuo por todos os agentes envolvidos nestes eventos , organizações e corredores.
Com a devida vénia fica aqui o texto de João lima :

"Nascida em 1977, é a 2ª Meia-Maratona mais antiga em actividade, apenas batida pela "Mãe" Nazaré. Disputou-se ontem a 38ª edição e, além da venerável idade, o destaque vai para como esta Meia constantemente melhora ainda mais de ano para ano, sempre com a preocupação de ir ao encontro do que os atletas gostam e procuram.

E não é por acaso que o seu organizador de sempre é um conceituado atleta de pelotão, Fernando Andrade, que ao andar no meio do pelotão de tantas e tantas provas, transpõe para esta o melhor que vê, fazendo o necessário equilíbrio entre o possível e o orçamento batalhado ano após ano.
E qual o resultado final a nível de organização do que se passou ontem? Uma verdadeira excelência e exemplo para todos!
Vejamos os aspectos mais positivos:
- Um percurso aliciante e selectivo, todo muito bem marcado, não apenas com as placas quilómetro a quilómetro mas também as indicações pertinentes a cada momento (tais como aproximação de abastecimento, controlo, lado da estrada a percorrer)
- Um ambiente especial de quem sabe receber e quer que se leve a melhor recordação, e com público a aplaudir em diversos locais
- No quilómetro inicial dentro de São João das Lampas, o sino da igreja esteve sempre a badalar e na passagem em frente à igreja o padre presente a desejar boa sorte a todos os atletas
- O trânsito bem cortado e todas as informações necessárias para os automobilistas a serem devidamente explicitadas no site com as horas de corte e os desvios possíveis
- Um site bem elaborado, agradável de ser visto e com todas as informações possíveis
- Abastecimentos de 5 em 5 km, inclusive no 20º, o que também sabe bem, em especial para um dia que acabou por ser abafado, e que muitas Meias descuram por ser apenas a 1 km da chegada
- Muitos chuveiros espalhado pelo caminho. E que bem souberam!
- Dorsais personalizados, muito bonitos e com toda a informação, inclusive com o chip destacável
- A 100 metros da chegada, ofereceram rosas às atletas que assim cortavam a meta de rosa na mão
- Um característico pórtico, e tapete antes, que nos fazem sentir especiais ao cortar aquela meta
- O tempo limite foi de 2 horas e 30 mas estenderam mais 11 minutos para todos os atletas poderem cortar a meta após o seu esforço
- O saco muito bem guarnecido
- Uma medalha muito original e bonita
- Classificação bem detalhada com todas as passagens
- Cerimónia do pódio bem organizada
E de certeza que estará a passar-me algumas coisas mas a lista já vai longa

Passemos então aos aspectos negativos:
Ora estou a pensar... a pensar... não encontro nenhum... será que não há?
Ah! Há sim! Há um aspecto negativo: 
- Ter que esperar um ano pela próxima edição!
MAIS PALAVRAS PARA QUÊ ?BOAS CORRIDAS.

segunda-feira, 15 de setembro de 2014

A 50 DIAS DA MARATONA ...ajustar para não partir


Quando se completam 5 semanas  desde que decidi a participação na maratona  chegou a altura de ajustar os objectivos á realidade antes que as "peças"comecem a partir.

Faltam 50 dias o tempo começa a encurtar e decidi queimar algumas etapas para que o físico aguente a preparação.
Inicialmente pensava aumentar os dias de treino mas facilmente vi que já não recupero da mesma forma , por isso mantive a cadencia de três quatro treinos semanais que é o que faço ao longo do ano , com uma única alteração de meter mais alguns kms em especial ao fim de semana.
Consciente que a "coisa"já não é o que era prefiro assim que ter mais uma desilusão como aconteceu em 2010 quando ao fim de 15 semanas de intenso treino e a duas semanas da maratona de Lisboa vi todo o esforço e sacrifício  cair por terra quando me apareceu uma pubalgia causada por excesso de treino... que me impediu de participar  não quero que volte a acontecer.
Ontem completei mais um treino longo de 26km onde me senti bem a um ritmo lento é certo mas nesta fase o mais importante é meter kms para habituar o corpo ao tempo de corrida que estou a prever fazer.
Nesta preparação tenho tido a companhia da Natércia  , a espaços corremos separados mas é sempre mais agradável correr juntos , até porque também tenho interesse em que ela consiga uma boa preparação para tentar concretizar a sua segunda maratona, ontem correu 24 km e no final umas mazelas antigas regressaram mas não devem ser impeditivas de continuar a preparação com normalidade.
Este mês será o mais intenso a nível de treino , nas primeiras 5 semanas foram cerca de 300km ,os treinos longos são importantes não só parte  física como mental pois como costumo dizer uma maratona corre-se com "a cabeça"e não com as pernas...
Desejo pois a todos que também estão imbuídos neste espírito uma boa preparação com calma e muita paciência e a 02 de Novembro lá estaremos para mais um dia de festa.
Até lá boas corridas

terça-feira, 2 de setembro de 2014

GANHAR MOTIVAÇÃO...APROVEITANDO O QUE RESTA DO NOSSO PATRIMONIO

antiga linha do Tâmega 
Por estes dias muitos são os atletas que precisam ganhar motivação para correr , estou a falar especialmente para os que preparam as corridas de média ou longa distancia  que se avizinham.
Falo por mim e por vezes tenho que "inventar"uma nova motivação para ganhar coragem de enfrentar mais um treino, correr em lugares diferentes é uma forte motivação , por isso procuro nunca correr dois treinos seguidos no mesmo percurso e comigo resulta .
Mas aqui damos de caras com o problema que temos em arranjar percursos variados para todos os treinos ...um destes dias resolvi "visitar"um percurso que á muito não fazia , a antiga linha do Tâmega que está desactivada á alguns anos (apesar dos políticos locais e nacionais continuaram a dizer que vai ser requalificada) e eis que deparei com um cenário nada animador pois a mesma encontra-se completamente abandonada ...trilhos nem um ...(quem seria o sucateiro...')mas mato muito a cortar quase por completo a via.
É Realmente pena como o nosso património continua a ser tratado , ao menos podiam dar outra funcionalidade aqueles 8 km que estão numa zona magnifica com uma bonita   paisagem natural .
Enquanto for possivel irei pelo menos uma vez por semana correr neste local , aproveitando o que nos resta do nosso património.
 Numa fase de meter kms todas as motivações contam para fortalecer o treino físico e mental , nessa medida penso ser útil a alternância do local do treino como factor muito importante .
Continuação de boas corridas e muita motivação.

quinta-feira, 21 de agosto de 2014

E DE REPENTE OUVI A MARATONA A CHAMAR POR MIM....

O meu filho que me acompanhou registou
o momento no telemóvel desta feliz coincidência
Quero partilhar um conjunto de coincidências que me aconteceram num período muito curto de tempo  que nem sei  como lhe chamar ..coincidências pronto vamos acreditar nesta tese.
Então como os amigos da blogosfera que vão passando por este espaço sabem a MARATONA é a prova rainha das corridas e desde que corri a primeira que fiquei "apaixonado" por ela .Por vários motivos relacionados com lesões não me tem sido possivel participar nas 2 que se realizam em Portugal anualmente (no estrangeiro nem pensar ...estão fora do orçamento)por isso conto apenas duas no meu "currículo".
Este ano queria muito participar mas ando á três anos a conter o meu andamento sempre á espera de resultados da minha "máquina"que faz com que tudo se mova que é o nosso coração.Quem tem assistência medica através do SNS sabe bem como isto demora por isso fiquei como o tolo no meio da ponte sem saber se me inscrevia ou não antes dos resultados finais.
E é aqui que surge a primeira coincidência uma semana antes da consulta apareceu um dorsal de um atleta que por motivos de saúde não vai , referente ao período económico da inscrição , não pensei duas vezes e contactei o amigo Carlos Cardoso do blog Papa Kilometros que me pôs em contacto com o atleta em causa e rapidamente tratei de tudo faltava a consulta...
Eu posso correr não posso é abusar enquanto não me é detectado o problema que o cardiologista suspeitava , por isso nos tres últimos anos corro com 70% do esforço .
Esta semana tive finalmente a consulta e o resultado de vários exames entre eles uma ressonância cardíaca (UUF) o resultado foi negativo .Fiquei obviamente muito contente embora "viesse" cheio de recomendações para continuar dentro do esforço regular , nada de aventuras , por aí tudo bem afinal já me habituei a este ritmo .Quando regressava do hospital de santo António comecei logo a pensar que afinal poderia começar a minha preparação para a maratona apesar de já faltarem pouco mais de 2 meses chega perfeitamente para os objectivos que quero , terminar e mais nada.
Quando chego ao carro para regressar a casa reparei que tinha estacionado exactamente no local de partida da maratona ...incrível não me tinha apercebido quando lá estacionei...e é aqui mais uma coincidência  , como é possivel um conjunto de sensações tão positivas  todas seguidas...só pode ser obra de um ser superior ou sou mesmo um felizardo por acreditar nestas coisas.
Coincidência ou não é que a 02 de Novembro volto de novo ao Local não para estacionar mas para partir para mais uma aventura desta mítica corrida que é a maratona onde espero encontrar muitos dos meus amigos da estrada que tal como eu são apaixonados pela corrida , até lá boas corridas e nunca percam a esperança pois essa deve ser  a ultima  a perder-se.

terça-feira, 5 de agosto de 2014

Treinos para a maratona..cuidado o sonho pode virar pesadelo...

Pois é meus caros  por estes dias muitos são aqueles que se preparam para correr  a maratona  , prova considerada como a Rainha das provas de estrada .

No horizonte próximo estão a Maratona do Porto e de Lisboa  que se realizam em  Novembro e Outubro respectivamente.
Por o que tenho lido na blogosfera e nas mais diferentes paginas dedicadas ás corridas muitos são os que pela primeira vez se vão aventurar a correr a mítica distancia dos 42 195 metros concretizando assim aquilo que eu chamo a concretização de um sonho só ao alcance de verdadeiros "guerreiros"que gostam de enfrentar desafios.
Felizmente que já faço parte desses "guerreiros"pois já terminei duas maratonas , sei por isso dar valor a todos os que se aventuram neste desafio que em muito valoriza a auto estima tornando-nos cada vez mais fortes a ver a vida e as suas adversidades .
Foi pensando nos que pela primeira vez vão enfrentar este desafio que resolvi escrever este post com o Titulo "Treinos para a maratona..cuidado o sonho pode virar pesadelo...", e passo a explicar porquê dando como sempre o meu testemunho da minha experiencia nesta causa.
Andei dois anos a preparar-me mentalmente para correr a maratona , parecia impossível pois terminava tão cansado no fim das meias que não sabia como arranjar argumentos para correr mais 21 km...e eis que descubro que tudo estava na força mental e no conhecimento profundo das nossas reais capacidades ...ou seja só dependia de mim mais ninguém.
Chegou a altura de me preparar então fisicamente e como qualquer um procurei um plano de treino disponibilizado pela organização (Runporto)que se enquadra-se no que queria fazer tendo em conta as minhas capacidades.
O meu objectivo era terminar e se possivel em 3h30 pois era esse o tempo que achava que podia fazer naquela fase (2009).
Iniciei o meu treino três meses antes levando tudo á"risca"como estava no papel e eis que duas semanas após dei comigo desanimado e triste pois não estava a aguentar a dureza do plano de treino.
Parei para pensar ...mas a maratona não me saia da cabeça queria muito concretizar esse sonho e poucos dias depois rasguei o plano e eu próprio fiz o meu plano de treino de acordo com as minhas capacidades ...afinal já era quarentão e o que queria era mesmo acabar o tempo era em segundo lugar.
..pois bem amigos atletas treinei durante quase três meses , deixei de lado os chamados treinos específicos como  series , passei a fazer muito treino longo a ritmo lento alternando com pequenos treinos rápidos..
mais  nada    ....
Foram 800km  de corrida a sua maioria solitário e...resultado concretizei o sonho e terminei com 3:22:04 !
O conselho que deixo a todos os que vão correr a maratona pela primeira vez é que nada nem ninguém pode decidir por nós , atletas amadores que fazemos da corrida um vicio saudável e não uma competição,não podemos obedecer a um treino que está á partida direccionado para todos pois afinal de contas todos somos diferentes nas nossas características físicas e mentais e os chamados treinos "feitos"podem destruir os nossos sonhos e torna los em pesadelos .Divirtam-se corram de forma saudável e sejam felizes.



sábado, 19 de julho de 2014

50 MIL ABRAÇOS


Pode parecer um exagero mas nem imaginam  a satisfação desta pequena janela de onde eu falo para a blogosfera corredora atingiu hoje 50 000 mil visitas !

De facto numa altura em que são aos milhares as paginas a falar de corrida não deixa de ser relevante para mim (espero que para os habituais seguidores também) um numero muito satisfatório , apesar de saber que comparado com outros blogs não passe de uma insignificância....
Tudo o que faço é com paixão pela causa a que me dedico , não sou letrado nem talentoso o suficiente para tornar este blog um exemplo a seguir mas uma coisa vos digo que tudo é escrito com verdade e com a humildade que me caracteriza em valorizar as pequenas grandes coisas da vida.
Este que é o meu terceiro blog desde que á quase uma década me iniciei neste fantástico mundo que são as corridas tem sido uma experiencia muito interessante quer na  na partilha de opiniões com outros corredores quer na divulgação da corrida e tudo o que envolve a este nível.
Quero pois agradecer publicamente a todos os que fazem questão de passar por aqui e deixam a sua opinião .
Ao longo destes três anos de vida deste blog muito aconteceu na minha vida desportiva e não só , durante algum tempo estive ausente do pais o que me levou a interromper as habituais cronicas de  participação nas corridas , felizmente que aos poucos as coisas vão seguindo o seu trilho ...com altos e baixos mas com a convicção que lutando sempre atingimos os objectivos .
A todos os amigos da blogosfera o muito obrigado por partilharem comigo as vossas experiências e incidências desta modalidade que cresce  todos os dias .A TODOS BOAS CORRIDAS.


terça-feira, 15 de julho de 2014

Sem dor não há gloria , aqui está um grande exemplo .

Quando há uns anos numa visita a Santiago de Compostela vi uma frase numa t-shirt  que me inspirou tanto que acabei por a comprar que dizia "Sin dolor no hai Gloria".De facto muito se pode dizer sobre esta frase que nos inspira e nos ajuda a perceber o verdadeiro sentido quando atingimos determinado objectivo.
Quantos de nós já não passamos por maus momentos e nos sentimos culpados pelas decisões que vamos tomando ao longo da vida , o difícil é dar a volta por cima , é regressar ao "trilho"certo e seguir o rumo que nos direcciona para o mais importante na terra , a felicidade.
Mas que raio terá a corrida a ver com isto , dirão os meus amigos da blogosfera.Pois bem tal como eu encontrei na corrida a solução para resolver muitos dos meus problemas (em especial de saúde) fico feliz quando alguém pelo mesmo meio alcança o seu "trilho"certo depois de andar perdido , ou pelo menos a tomar decisões que em nada contribuem para a verdadeira razão da nossa existência , a felicidade.
Fui por isso surpreendido um destes dias por uma atleta que escreveu  na sua pagina da rede social faceboock o seguinte : 


"Faz hoje dois anos que fumei o meu último cigarro, que espero que tenha sido o último da minha vida. A partir dessa data, deixei de romper tanto o sofá e passei a gastar muita sola de sapatilhas. Fazendo as contas por alto... Poderei dizer que não gastei, nestes últimos dois anos, aproximadamente 3 000€ em cigarros e gastei, quando muito, 200€ em sapatilhas...vale a diferença, não tenham qualquer dúvida! Muito ainda tenho para recuperar a nível físico e pulmonar mas sei que estou no bom caminho.  
Obrigado a todos os não fumadores que me proporcionaram um ambiente "clean" e me ajudaram a conseguir este objectivo!"

A ATLETA CARLA MOREIRA  serve de exemplo para muitos que pensam não ser possivel mudar de vida através da corrida , muitos exemplos destes tenho encontrado no seio do pelotão e nem imaginam a felicidade que sinto quando alguém me conta uma historia destas .Mas tal como a mensagem da t-shirt ....SEM DOR NÃO HÁ GLORIA...para isso é preciso querer mudar porque o resultado vai aparecer e a vida nunca mais é a mesma .A todos boas corridas.

sexta-feira, 11 de julho de 2014

Atletas em perigo , vale a pena denunciar ? veja aqui como...

Todos os que praticam desporto ao ar livre sabem da dificuldade que é encontrar locais para treinar dentro da segurança adequada , ou seja a pratica desportiva com a tranquilidade que cada um procura para poder usufruir ao máximo do seu treino , seja a correr a pedalar ,ou mesmo a  caminhar .
Ainda esta semana assistimos a mais um acidente com dois atletas na zona centro do pais quando praticavam ciclismo , a falta de cuidado da maioria dos condutores assim como o pouco civismo leva muitas das vezes a estes acidentes.
Ora numa altura em que se "malha na coisa publica"a torto e a direito hoje quero partilhar com os amigos da blogosfera uma situação real que se passou comigo  e que prova que afinal nem tudo está mal , ainda existe gente de bem a cuidar deste "estado"á beira de um ataque de nervos.
Para os praticantes de corrida não é fácil treinar nesta região situada no sopé do Marão com poucos locais planos , por isso há que arranjar alternativas e no nosso caso a estrada nacional 210 que liga a marginal do Tâmega entre Amarante e o Marco de Canaveses é a mais utilizada tanto por atletas de corrida a pé como de bicicleta.Ora á muito que esta estrada nacional está ao abandono no que a limpeza das bermas diz respeito , sei que tem pouco transito (esse também é um dos motivos porque é utilizada por atletas) mas nada justifique este abandono , zonas há que o mato ocupava uma faixa de rodagem tornando um perigo para quem por ali caminha ou corre dadas as imensas curvas que fazem com que  a visibilidade seja reduzida.
Ora cansado de esperar um destes dias passei por lá de carro e resolvi tirar umas fotografias e enviar juntamente com a minha reclamação para A  EstradaS de Portugal entidade responsável pela conservação desta via , no dia seguinte responderam-me assim :
Exmo(a). Senhor(a).
Relativamente ao seu pedido, limpeza de vegetação na EN 210, que mereceu a nossa melhor atenção, informamos que a EP – Estradas de Portugal SA iniciou a sua análise e dar-lhe-á uma resposta nos próximos dias.O seu processo nº 2014IND00471 .
Esta foto tirada no acto dos trabalhos de limpeza
é elucidativa do estado em que se encontrava a via
10 DIAS DEPOIS ou seja hoje passei novamente por lá em serviço , quando não é o meu espanto e vejo uma mega operação de limpeza ao longo dos 13 km da via com dezenas (!)de homens auxiliados de várias maquinas a fazer a limpeza que á anos não se fazia.

Claro que fiquei feliz , este é um sinal que vale a pena reclamar , temos esse dever , contribuindo assim para a segurança de todos e preservando património que a todos (ainda) nos pertence.
Agradeço publicamente á estradas de portugal terem levado em atenção a minha reclamação reparando uma situação que estava á vista de todos que era urgente.
Por isso caro amigo atleta denuncie vai ver que vai valer a pena.Boas corridas

domingo, 29 de junho de 2014

1º Douro Run veio para ficar


A iniciar este texto sobre a nossa participação na  Douro RUN que pela primeira vez se realizou na marginal do Douro em Gondomar , quero-vos dizer que esta prova tem tudo para ser muito grande , percurso muito bonito sempre ao longo do Douro muito equilibrado com pequenas descidas e subidas  esperamos que a organização na edição do próximo ano faça desta prova uma meia maratona pois tem todos os requisitos para tal.

Tenho que salientar a compreensão da organização em disponibilizar os dorsais no dia da prova para os atletas de longe como era o nosso caso , penso ser este um aspecto a ter em conta por futuras organizações evitando assim gastos adicionais para os participantes fora da zona onde se realizam as provas.
Quanto á nossa presença correu muito bem , sempre com o espírito positivo que levamos para este tipo de eventos , esta prova inicialmente anunciada de 15 km acabou por só ter 14km e 110 metros que á partida é um dado negativo e que em nada abona a credibilidade da prova , como é sabido os atletas gostam de tudo "certinho"pois muitos deles treinam para as distancias que pensam vir a encontrar o que não foi o caso.
Tenho perfeita noção do que quero nesta fase da minha vida da corrida , por isso como preciso dela como o ar que respiro vou respeitando os sinais do corpo correndo com a folga necessária sem loucuras cumprindo o objectivo principal que é sempre terminar bem.
 Parti como sempre a falar com tudo e todos , desfrutando ao máximo da corrida quer da paisagem quer de falar com a "rapaziada" que á muito conheço no seio do pelotão. Ultrapassado o primeiro obstáculo que são os primeiros kms entrei em "piloto automático" a correr a 5`por km cumprindo assim o que tinha previsto antes da prova  , percorri  percurso em 1:10:48 com uma media de 4:59 e com vontade de treinar já amanhã ...por isso mais uma vez foi excelente.
Quanto á Natércia  estava um pouco apreensivo devido a alguns problemas físicos que tem tido , mas felizmente tudo correu bem e fez uma excelente prova alcançando a 7ª posição de veteranas f45 com 1:18.26 .De realçar a excelente prova de um jovem amarantino Ismael Queiroz que terminou na 4ª posição da geral 3º senior numa prova que teve 888 atletas a cortar a meta (713 masculinos 175 femininos)
A Organização
Teve algumas falhas a organização que se desculpam por ser a primeira edição  mas têm que ter em conta alguns pormenores importantes tais como :rigor no horário da partida , posicionamento dos kms (o 1º estava aos 600 metros) o funil de chegada muito mal organizado e rigor nos kms anunciados , de resto esteve tudo bem  de referir que a organização esteve receptiva á opinião dos atletas com o objectivo de fazer deste um grande evento , até porque tem tudo para ser grande.
Esperamos pois que este seja o primeiro de muitos e que venha para ficar.Boas corridas.

resultados AQUI



quinta-feira, 29 de maio de 2014

O TRAIL ESTÁ NA MODA

Descobrir a Natureza através da corrida
Quem diria que a corrida na natureza se revela-se por estes tempos uma autentica loucura.No recente ultratrailmarao que se realizou no inicio de Maio tive oportunidade de estar presente na zona de chegada dos atletas onde pude ver e rever alguns amigos da corrida , muitos deles que já não via á muito e não os via por uma razão muito simples , abandonaram por completo a corrida de estrada.
De facto são ás dezenas os anúncios quase diários de novas provas de trail e montanha , eu próprio sou solicitado por vários contactos para participar e promover este tipo de eventos .
Como é óbvio questionei vários atletas do motivo de se mudarem para  o trail , as respostas quase todas convergiam na mesma direcção , ou seja o prazer que é correr na natureza com ritmos mais lentos que não levam os atletas á exaustão como por norma acontece na estrada , permitindo usufruir ao máximo do prazer da corrida no meio da natureza.
 A minha pouca experiencia neste tipo de provas (só tenho duas e curtas) também me levam a ter a mesma opinião até porque chegamos a uma fase da vida em que queremos ao máximo tirar partido de tudo o que esta obra admirável que é a natureza nos dá.
Estou por isso tentado a entrar nesta aventura seguindo o meu lema de corrida que é correr por gosto aliando o prazer da corrida com o desfrutar da natureza e convívio são e saudável que estes eventos nos proporcionam .
Espero por isso em breve contar aqui a minha experiencia no trail que seja a continuidade deste magnifico desporto que é a corrida que contribui e muito para um corpo e uma menta sã .Boas corridas.

segunda-feira, 12 de maio de 2014

30º Meia Maratona de Cortegaça , tudo para ser grande..

ás 10  h o cenário era este...
Mais uma participação na meia maratona de Cortegaça , desta feita foi a minha 6ª participação neste que considero ser dos melhores percursos para se correr uma meia maratona.
Parti como sempre com os meus "actuais" objectivos de participar e de ter uma prestação que corresponde-se ao que de momento quero e posso.
Queria correr para não sofrer por isso o objectivo era 5 por km , consegui terminei com media de 4:57.
Por isso foi tudo perfeito desde logo a nossa chegada ao local na companhia dos meus amigos de equipa muito em especial O Amigo Miranda com quem fiz a viagem.Quando cheguei a experiencia dizia-me que teríamos problemas com o inicio da prova tal era o aglomerado de pessoas junto á sede os falta de ar clube que organiza a prova.
De facto a prova é fantástica com um enquadramento natural  invejável  , mas a organização não evoluiu ao longo destes 30 anos , em todos os pormenores se nota muito amadorismo e assim é difícil dar seguimento e projecção a uma prova que tem tudo para ser das melhores de Portugal.
Tal como previa a prova foi só se iniciou ás 10h30 e não ás 10h  como estava previsto , esperamos que na próxima edição sejam respeitados os horários  para dar credibilidade á prova.
No que toca á corrida foi lindo ver mais de um milhar de pessoas a entrar pela floresta de cortegaça  dando um colorido magnifico neste ambiente natural que liga o mar a terra e a floresta.
A nossa equipa cumpriu , todos terminaram bem dentro do que as suas possibilidades do momento permitem , continuamos na corrida como uma saudável forma de estar na vida em que o convívio e a amizade andam de mãos dadas com a actividade física .
De negativo apenas o pormenor da prova se ter atrasado 30 minutos , de resto muita alegria e boa disposição entre todos os participantes fazendo desta prova  mais uma grande manifestação desportiva que junta gerações , homens e mulheres , velhos e novos mas todos com um espírito muito positivo.Parabéns a todos e até á próxima corrida.
Todos os Resultados da prova AQUI

terça-feira, 6 de maio de 2014

1ª D´Ouro Run Gondomar , mais uma prova de 15 km no calendário de provas de estrada

Com vista para o Rio D´Ouro, a correr ou a caminhar em Gondomar eu vou estar! 

Gondomar recebe no dia 29 de Junho de 2014 a 1ª D´Ouro Run Gondomar que se vai realizar na estrada marginal do Município, entre S. Cosme e a Foz do Sousa, uma organização do Município de  Gondomar e da EventSport. A corrida de 15 Km e a caminhada de 5 Km têm como pano de fundo a extraordinária beleza do Rio Douro.É ao longo das margens do rio que encontramos paisagens únicas, deslumbrantes e de rara beleza com um microclima propício à prática do desporto, com um percurso rápido e plano, ideal para os participantes melhorarem as suas marcas pessoais.Num local que pretende ser uma referência no turismo da região, a estrada de Entre-os-Rios possui todas as condições necessárias para proporcionar longos momentos de lazer a quem visita Gondomar, graças a uma marginal fabulosa, com magnificas praias fluviais e uma gastronomia ímpar. Com a imagem de Gondomar é D´Ouro, a organização pretende proporcionar momentos únicos aos cerca de 2000 participantes que esperam ter neste evento com uma corrida de 15 Km e uma caminhada de 5 Km que se espera que seja uma verdadeira festa dos amantes do desporto.

segunda-feira, 28 de abril de 2014

A importância da Televisão no progresso da corrida

OS MEUS 10 SEGUNDOS DE FAMA...
COM O MANUEL E A NATÉRCIA
Hoje em dia a comunicação é algo que nenhuma empresa , instituição ou clube desportivo pode descurar para a divulgação dos seus serviços ou eventos.
A comunicação está em todo o lado e tudo corre á velocidade da luz , por exemplo quando participamos numa prova independentemente dos objectivos de cada um quem é que não gosta de consultar as paginas das organizações para saber a classificação ? todos penso eu .
Quanto foi importante toda a dinâmica criada ao longo dos anos por aquele espectáculo que todos os anos nos é apresentado aquando da meia maratona de Lisboa com milhares de pessoas a passar a ponte , estou em querer que em muito contribui para que muitos se aventurassem, a correr.
Tudo isto vem a propósito de uma recente prova em que participei a Corrida Liberty que para alem de uma grande cobertura jornalística teve a televisão a abrilhantar aquela grande mola humana que naquela manhã fantástica invadiu Paredes , ironia do destino fui surpreendido pela reportagem da RTP assim como o meu grupo de amigos e para dar umas palavras sobre este fenómeno que é a corrida , tive assim como alguém disse os meus 10 segundos de fama ....
Esperamos pois que no futuro a contribuição da televisão faça da corrida  o desporto mais praticado em Portugal .
Para quem quizer ver aqui a reportagem do minuto 19...aqui
Boas corridas.

sábado, 26 de abril de 2014

Não entregamos kits no dia do evento.

Este é o exemplo mais recente
O tema que hoje trago até vós é estou certo  um assunto que interessa a muitos dos corredores .A participação numa prova de atletismo nos dias que correm já é uma decisão que tem que ser ponderada tal são os custos que estão adjacentes á participação desde logo os custos com a inscrição e a deslocação.

Vem isto a propósito de muitas provas terem adoptado a ideia de não entregar os kits de participação no dia da prova.
Ainda esta semana quando consultava o regulamento de mais uma prova para eventualmente participar eis que lá estava "não entregamos kits no dia do evento.
Penso que com a tecnologia que hoje existe não se justifica que os atletas tenham que de véspera se deslocarem para a recolha do respectivo dorsal para correr no dia seguinte.
No meu caso e de muitos atletas da minha zona de residência o que acontece é que temos mesmo de pensar duas vezes para participar , caso contrario a  participação já se pode considerar um "luxo"tal são os custos que acarretam para os atletas.
Imaginem por exemplo uma prova que fica a 100km da residência se a tivermos que fazer quatro vezes ?
(2 para cada lado) já viram por quanto fica a participação numa prova destas ?Estou por isso a "boicotar" todas as provas em que no regulamento esteja esta exigência por parte das organizações pois não posso nesta fase consumir artigos de luxo...embora precise muito de correr.A todos boas corridas.

domingo, 13 de abril de 2014

Corrida Solidaria de PAREDES a minha prenda de aniversario

 a prenda da Natércia á chegada
O dia de aniversario sempre foi para mim apenas mais um dia , vivo os dias sempre como se fosse o ultimo , com a mesma intensidade , disposição e amor á vida , correr é algo que me "transcende"que me faz valorizar esta passagem "terrena".Assim foi hoje na simpática e jovem cidade de Paredes , numa prova organizada pela Runporto que se intitulava de corrida solidaria em que parte da receita revertia para a corporação local dos bombeiros voluntários.Apesar de não ser das corridas que mais gosto (gosto de resistência , corridas mais longas)lá fui com a Natércia e mais uns amigos participar .A prova foi um pouco dura com muitas subidas que com o calor que se fazia sentir tornou difícil aquilo que á partida parecia fácil.                           Inicialmente anunciada como prova de 10km acabou por ter 10.700km , este pormenor a juntar ao facto da prova não estar marcada foram os únicos aspectos negativos numa organização quase perfeita que de certeza deixaram felizes os cerca de 2200 participantes (600 na corrida 1600 na caminhada).
com os amigos Manuel e Vitor

A mim pessoalmente correu dentro do que posso neste momento , e como diz o povo quem dá o que tem a  mais não é obrigado... .foi a minha primeira prova depois de fazer á dois dias 46 anos e por isso a encarei como a minha prenda de aniversario.
A Natércia sentiu muito o calor e por precaução fez algumas subidas a passo pois o importante é terminar bem e nunca desistir.
Quanto aos outros amigos amarantinos terminaram muito bem com destaque para os jovens Ismael e Filipe Coutinho que terminaram no top 10 respectivamente na 7º e 9ª posição na geral.
2200 participantes em Paredes 
Mais uma corrida  terminada com a mesma disposição sempre com um sorriso e na esperança de continuar a fazer uma das coisas boas que a vida nos proporciona .
Resultados da prova  AQUI

terça-feira, 1 de abril de 2014

BATOTEIROS


Pois é nem de prepositivo hoje é dia um de Abril e resolvi escrever este post em "homenagem"aos batoteiros.

Sou e sempre serei pela verdade desportiva (e não só desportiva) por isso não gosto de ver ninguém a armar-se em Chico espertos usando variadíssimas artimanhas para atingir os seus objectivos.
Muitas das vezes fui confrontado com resultados em que me custava a acreditar , não porque tivesse algum problema por ver os outros fazerem melhor que eu (eu só  faço competição comigo próprio)mas  porque sou a favor de tudo limpinho ...
Á uns anos corria eu na meia maratona da sportzone Quando por volta do km 9 me cruzo com dois atletas que corriam  para o km 7...depois de passar a ponte e virar á direita em direcção ao Freixo fiz tal como todos (ou quase todos)o retorno em direcção ao jardim do calem , eis o meu espanto quando ultrapasso os ditos atletas por volta do km 18 !Fiquei perplexo e a pensar onde me teriam passado pois não é facil recuperar 2km em tão pouco tempo, no final desconfiei e tive o cuidado de ver as passagens desses dois "artistas"e o certo é que não tinham virado direita no final da ponte mas sim á esquerda cortando assim 5km!
Escusado será dizer que conheço bem estas "peças"e no ano seguinte fizeram o mesmo na maratona.
O meu amigo da blogosfera  JoãoLima escreve  a este respeito um excelente texto referente á  ultima meia maratona de Lisboa onde foram desclassificados  241 corredores.
Também na Maratona de Roma aconteceu o mesmo , assim como um atleta que tentou bater o seu recorde correndo de ...bicicleta.
São exemplos como estes que aos poucos as novas tecnologias estão a pôr  a nu contribuindo para que a corrida seja um espaço saudável onde cada um possa fazer o seu melhor dentro da legalidade.



Enquanto há vida , há esperança e" HÁ FEST!"

Enquanto há vida há "Fest!!! Diz o povo na sua linguagem popular que "Enquanto há vida , há esperança, foi e será sempre segu...