sexta-feira, 21 de março de 2014

QUEM QUER ARRANJA MANEIRA, QUEM NÃO QUER ARRANJA DESCULPAS....

Carlos Sá , um exemplo
de quando se quer se pode mudar de vida
O titulo que escolhi para este post não é meu , mas é sem duvida tão motivador que não resisti a escrever algo sobre esta frase.
Ao longo da minha vida sempre tive presente o gosto pelo exercício físico , salvo alguns anos em que pelas mais variadas razões reduzi quase a zero essa actividade mas por questões de saúde tive que "recomeçar" pois só assim encontro equilíbrio entre o físico e a mente.
Numa recente entrevista dos ex-concorrentes do "peso pesado"registei a força de vontade que alguns deles continuam a ter para manter o peso , pois só assim continuam a ter alguma qualidade de vida .
Uma das concorrentes diz mesmo a prepositivo de ter ou não tempo para o  exercício físico que "quem quer arranja maneira e quem não quer arranja desculpa".
Sinto-me feliz por ao longo de tantos anos ter levado algumas pessoas não só para a corrida como para outros desportos ou simplesmente caminhar , muitos não têm força mental em continuar , preferindo uma vida sedentária com todos os problemas que dai advêm 
Tomar a decisão de deixar o sedentarismo não é fácil  mas conquistado o primeiro passo os benefícios são tantos que nos transformam em pessoas totalmente diferentes.
São muitos os exemplos públicos de pessoas que depois de terem uma vida sedentária se tornaram autênticos desportistas , entre eles o nosso bem conhecido Carlos Sá um dos melhores ultra-maratonista do mundo  .
Carlos sá também ele passou a ter uma vida diferente , chegou a pesar 100 kg e a fumar 2 maços de tabaco por dia , hoje segundo ele "tornei-me uma pessoa renovada , desenvolvi capacidades físicas e também morais , tornei-me persistente  , lutador , sempre com simplicidade e honestidade pela pratica da actividade física."
São exemplos destes que devemos seguir e divulgar caminhando assim para uma sociedade mais saudável e mais humana , aproveitar esta onda em que a corrida está na moda , em que até os meios de comunicação social se renderam .
A competição está dentro de nós , temos que acreditar e antes de competir com os outros temos que competir com nós próprios estabelecendo objectivos realistas sem nunca perdermos o prazer daquilo que fazemos , no meu caso a corrida como um elemento essencial.
A correr ou a caminhar mantenham-se activos .Boas corridas.  

1 comentário:

  1. Sinto exactamente o mesmo, até porque há uns anos cheguei também a fumar 2 maços de tabaco por dia. Quando deixei de fumar engordei muito, e através da corrida perdi quase 30 Kilos. Não só digo a toda a gente como acredito realmente que o desporto pode mudar completamente a vida de uma pessoa.

    Hoje sou viciado em corrida :)

    ResponderEliminar

Um "Mar de atletas" Invadiu o Porto de Leixões

...quase a terminar um Verdadeiro Mar de atletas invadiu ontem  o Porto de Leixões na 4ª  CORRIDA PORTO DE LEIXÕES   prova organizada...