quarta-feira, 31 de maio de 2017

Meia do Douro Vinhateiro com menos atletas


Depois de uma subida "astronómica" a Meia Maratona do Douro Vinhateiro registou uma descida na participação da prova principal , a meia maratona .

Na edição de  2016 cortaram a meta 3775 atletas numero recorde de participação nas 12 edições já realizadas.Com este numero a Meia do Douro ficou entre as 5 mais participadas em portugal até á data de 2016.
Na edição deste ano de 2017 foi registado um decréscimo de atletas , terminaram a prova principal  3490 atletas , ou seja menos 285 atletas , um numero ainda pouco significativo mas que será um pequeno sinal para o futuro da prova .  

Esta meia maratona tem uma autentica maquina a funcionar , com várias parcerias que promovem a prova em portugal e alem fronteiras onde não falta a televisão que como se sabe também vende ...apesar da transmissão deste ano ser muito fraquinha e em nada contribuiu para o progresso da prova (..na minha opinião)

Não deixa no entanto de ser um feito extraordinário o exito que esta prova alcançou e que para mim que participei pela primeira vez na terceira edição e que terminaram a meia maratona apenas 298 atletas !!!!

Aqui fica evolução destas 12 edições:

  1. 1989-106 atletas
  2. 2007-214 ""                                                               
  3. 2008-298""
  4. 2009-670""
  5. 2010-1206""
  6. 2011-1015""
  7. 2012-1611""
  8. 2013-2899""
  9. 2014-2836""
  10. 2015-2850""
  11. 2016-3775""
  12. 2017-3490""
 Curiosamente foi nesta prova que em 2008 já com 40 anos bati o meu recorde pessoal com 1:31:17 ..marca que jamais consegui .Este ano não participei pois não reunia condições físicas para tal .


Nas 12  edições realizadas a prova já teve dois vencedores amarantinos , Nuno Costa em 2013 e Rui Teixeira em 2015 .O recorde da prova pertence a Faustino Strareche  1:02:10 .

Para quem gosta de Turismo na natureza esta será certamente uma prova para participar e aproveitar para visitar este magnifico património da humanidade.

Boas Corridas !!
Sejam felizes.


terça-feira, 30 de maio de 2017

O FUTURO É HOJE

"Machadinho" dia 9 de Abril
na meia Maratona de Ílhavo

"Não penses para amanhã.Não lembres o que foi de ontem.A memória teve o seu tempo quando foi tempo de alguma coisa durar.Mas tudo hoje é tão efémero. Éo tempo de Deus que não tem futuro nem passado"(  Virgílio Ferreira  )


Dirão os meus amigos leitores o que estou eu para aqui a escrever ...que nada tem a ver com a corrida ...pois é mas na vida tudo está "interligado"

Ausente das corridas e deste Blog é altura de me justificar.Maio historicamente tem sempre algo de novo para mim , em Maio me aconteceu o melhor e o pior da minha vida...este ano não está ser excepção.

Quando tudo parecia que entraria numa fase normal da minha vida que por motivos profissionais andou um pouco anormal durante mais de um ano , eis que a a saúde  algo tão importante em nós e em todos os que rodeiam resolveu fazer das suas .
No inicio deste mês o nosso "atleta"veterano amigo José Manuel , irmão da Natércia  (conhecido por Machadinho) ..foi internado de urgência com um problema cerebral (foi diagnosticado temor cerebral)
A pergunta é sempre a mesma : como é possível se era tão saudável ???..pois é acontece a todos pelos vistos.

Como devem calcular tem sido uma luta , pois nestes momentos nada é mais importante que o nosso apoio , apesar de pouco se poder fazer.

Felizmente a primeira parte está ultrapassada ..".o futuro é hoje e amanhã logo se vê"

Está recuperar e a esperança é sempre a ultima a morrer.

Já regressei ontem ás corridas , por ele por mim e por todos que não o podem fazer .
 o Futuro é Hoje!!!
Sejam Felizes.


quinta-feira, 13 de abril de 2017

A outra parte da corrida

Já contei aqui no poste anterior os ecos da nossa participação na meia maratona de Ílhavo , que não deixou para mim grandes recordações , mas nem tudo foi mau , aliás vejo sempre as coisas pelo todo para não entrar em "negativismo colectivo".
poucos segundos depois  de cortar a meta
 Olhando para quem provavelmente tão bem o trata
Esta meia maratona tinha a particularidade de Homenagear um Homem da terra Paulo Henriques , mais conhecido por PAULINHO .
Paulinho não é um atleta normal , portador do síndrome de Dow tem 33 anos e corre desde os 14 anos.
Filho da terra foi a grande atracão deste grande evento realizado na cidade de Ílhavo , o objectivo era que fosse batido o recorde da meia maratona para atletas com o seu grau de deficiência , facto que infelizmente não se veia a verificar.
Vi o Paulinho no retorno e como já tinha corrido com ele na meia maratona da régua vi que ele não vinha bem ...mas isso não o impediu de continuar e acenar sempre com um sorriso para todos que ao longo do percurso o saudavam , afinal estamos na presença de um grande atleta campeão do mundo dos 800 e 1500 metros nos 10º campeonatos do Mundo para síndrome de Dow realizados no México em que representou Portugal .
A organização e bem não iniciou a cerimonia de entrega de prémios  sem o Paulinho cortar a meta , mesmo sabendo que o esperado recorde não seria batido.
A espera dele estavam centenas de pessoas que o receberam como um campeão .
Chegou exausto , foi levado em ombros até ao local onde curiosamente me encontrava quando olhou para o seu relógio e viu o tempo começou a chorar ...arrepiei-me digo vos..até eu fiquei emocionado com a sua força de vencer .Soube que por motivos de doença não pode treinar mas mesmo assim quis participar nesta primeira meia maratona na sua terra.
Esta é sem duvida uma grande forma de integração social , afinal somos todos diferentes mas no fundo todos iguais , quando lidamos com seres assim ficamos mais humanos , mais sensíveis ao verdadeiro sentido do que deveria ser a vida .
Parabéns ao Paulinho , á organização e todos os que no dia a dia contribuem para a sua felicidade.

  

segunda-feira, 10 de abril de 2017

1ª Meia Maratona de Ílhavo ...autentica prova de superação!!

A Meia Maratona mais PLANA DO MUNDO!!!!

Quarteto na 1ªMeia maratona de Ílhavo
Decidi que este ano queria participar em provas diferentes , afinal correr a este nível também contribui para um conhecimento mais profundo do que temos de bom em Portugal , em especial de terras que ainda não conhecemos.
Era o caso de Ílhavo , uma cidade do distrito de Aveiro situada na zona da costa nova e conhecida pela sua actividade marítima e a ligação á marca mundialmente conhecida da Vista Alegre.
As coisas estão a voltar ao normal , pois durante um ano apenas treinei ao domingo , nesta fase corro 3 vezes por semana .
O nosso grupo reuniu quatro "aventureiros"logo pela manhã , o irmão da Natércia  foi a ultima aquisição , ele que chegou de véspera e pediu para o inscrever ...coisa de malucos , pois tinha acabado de fazer 14 horas de avião!!!
 Saímos da princesa do Tâmega com 5º ..para chegar a Ílhavo pouco mais de uma hora com 16º!!!
Todos temos os nossos dias...qualquer coisa me dizia que não era o meu dia ..e tal se veio a verificar..
Despachados os levantamentos dos dorsais seguimos a tradição de contribuir para a economia local tomando o pequeno almoço na terra que nos recebe , um café e um pastel !
Regressamos para a zona da prova onde por volta das 9h45 fizemos um pequeno aquecimento ..e foi aí que me apercebo que não estou a sentir-me bem mas nada digo para não assustar os meus colegas de aventura (Natércia ,Paulo, e Zé Manel).
De repente a avenida ficou bem composta e os quase mil inscritos partiram com os termómetros marcar 20º.
Tínhamos combinado que cada um fazia a sua prova , mas eu e o Paulo mantivemos-nos juntos durante os primeiros kms ..altura em que eu lhe disse  para seguir pois não estava bem e ia mais devagar..
algo se passava o corpo não reagia e nunca me tinha sentido assim!!!aos 8km o  abastecimento e eu paro. ..bebo uma grf de agua e caminho...reatando muito devagar a corrida.
Comecei a ter um misto de sentimentos em que o espectro da desistência andou por ali...mas de repente pensei que desistir nunca mesmo que tivesse que fazer a prova a passo!!
Começo a tentar encontrar situações que tivessem contribuído para tão grande mal e estar ...e eram tantas que fico pior!!pergunto a mim mesmo :..onde está o atleta que já tem 56 meias.. 5 maratonas?..tento encontrar argumentos mas nada...por esta fase já tinha esquecido o tempo a fazer só queria terminar..passo aos 10 km com 55`e aproveito a zona do retorno para ver se via a Natércia e fazer a prova com ela ..eis que ela aparece , paro e vou ter com ela sem nada dizer do meu estado..digo que vou com ela mas não deixa!!!Pensava ela que me ia prejudicar!
Sigo o meu destino ao km12 outro abastecimento , paro bebo uma grf de agua e caminho ..e é aqui que tenho vómitos , só tive tempo de ir para o passeio e deitar fora tudo o que tinha no estômago!..que mais me irá acontecer ..digo eu , ..retoma o percurso mas a caminhar e algumas centenas de metros á frente retomo a corrida até parar por volta dos 17km..mais um abastecimento ...mais agua e muita agua o calor era tórrido!!!
Por esta altura só queria ver a meta ..tempo? ..não importava pois sabia que seria minha pior meia maratona de sempre ..facto que se veio a confirmar pois quando cortei a meta pelo meu relógio tinha 2h1:30!!!!

Percurso
A Prova é totalmente plana , não tem pontos de recuperação , nunca vi nada igual que a juntar á temperatura  ... partimos com 20º para terminar com 30º torna tudo ainda mais difícil!

Os meus parceiros terminaram a prova dentro do possível , todos se queixaram do muito calor que se fazia sentir .A Natércia que teimou em participar , apesar de continuar com os problemas do joelho esteve muito bem para aquilo que eu pensava ..parou mais de 10 vezes para alongar mas terminou bem , mas terá que repensar a sua participação em provas de longa distancia.

A organização esteve ao mais alto nível , muitos abastecimentos líquidos e sólidos , muitos chuveiros  para refrescar os atletas , e ainda puderam contar com o apoio da população que dadas as condições climatéricas adversas se disponibilizaram  para "regar"os atletas com mangueiras das suas próprias residencias. Á hora que escrevo ainda não estão disponíveis os resultados ..mas no nosso caso isso é o menos importante.E assim foi mais uma aventura , espero voltar e que o "filme" a contar seja diferente.
Boas corridas!








quarta-feira, 15 de março de 2017

Ed Whitlock, perdeu a ultima corrida

Ed Whitlock
Faleceu  aos 86 anos
Não está fácil este ano de 2017 para os corredores , depois da triste noticia da perda da "nossa ANALICE "eis que mais um atleta perde a sua ultima corrida ..e que atleta daqueles que tal como Analice eram e continuam a ser exemplos de superação para todos os que gostam e praticam a corrida de uma forma natural .
Este atleta de origem Inglesa mas á muito radicado no Canadá fica conhecido pelos seus feitos depois dos 40 anos , tal como muitos de nós "recomeçou a correr depois dos 40 anos para bater recordes verdadeiramente impressionantes se não vejam só alguns :aos 69 anos correu a maratona em 2:52:47 , aos 74 anos 2:58:40 tornando-se o primeiro homem a baixar a marca das 3 horas com mais de 70 anos!!!
 Recentemente e já com 85 anos  em Outubro de 2016 correu a maratona de Toronto em 3:56:33.Estes foram apenas alguns feitos deste grande atleta que tinha particularidade de treinar junto ao cemitério que se localizava perto de sua casa e não fazia treino especifico!!!
Ainda á pouco tempo numa recente entrevista dizia que a pedido da família ia deixar de correr ...o seu coração dava sinais de fraqueza ..curiosamente morre de cancro na próstata !
São seres Humanos como Ed que vão contribuindo para todos nós continuarmos acreditar "QUE NUNCA É TARDE PARA COMEÇAR E É SEMPRE CEDO PARA DESISTIR"
Paz á sua Alma , e que continue a correr por todos nós !

quinta-feira, 23 de fevereiro de 2017

Chegou a pior das noticias

Quando estava a passar uma vista de olhos pelas ultimas das redes sociais caí como uma "bomba"a noticia da morte de ANALICE SILVA  .Sabíamos do seu estado grave de saúde  mas foi tudo muito rápido. Esta doença é de facto assim .
Pessoalmente agradeço a Deus me ter dado oportunidade de conhecer e falar com ela , era um ser humano de eleição com uma historia de vida que merecia um filme .
Quero publicamente agradecer a Cristina Guerreiro e Orlando duarte que mesmo sem os conhecer pessoalmente sei o quanto fizeram para ela ter um final de vida com menos sofrimento.
da ANALICE guardo o sorriso , a humildade a coragem a determinação , enfim um verdadeiro ser humano que nos motiva e nos mostra que não é preciso TER para SER.
Que continue a correr no Céu
por todos nós como o fazia na terra.
Paz á sua Alma.

segunda-feira, 20 de fevereiro de 2017

3ªMeia Maratona de Amarante

Sempre Presentes !
As minhas medalhas.
Participei ontem na Meia Maratona António Pinto aqui na cidade de Amarante , uma decisão tomada á ultima da hora pois só me inscrevi no ultimo dia  . Desde a meia de Viana a 22 de Janeiro que uma arreliadora dor no joelho me tem limitado , eu que á muito ando "preso"por arames..
Mas como sou teimoso e com grande capacidade de sacrifício lá fui apesar de saber o "empeno " que me esperava .
Dificil ... muito difícil correr em Amarante .Para quem conhece esta cidade sabe da dificuldade que é correr por aqui é difícil encontrar percursos com pouco grau de dificuldade durante dois ou três kms 
...mas pronto á hora marcada lá estava para mais uma aventura com um pelotão de cerca de 600 atletas (muito longe dos 1200 anunciados..)..percorridos os primeiros kms muito rápidos para o que eu queria entramos na parte histórica eu já ia em dificuldade ...como sempre faço nos últimos tempos ponho o objectivo de 1 h 50 sei que nesta fase a maquina não dá para menos ..começo perder referencias e durante algum tempo corro sozinho até que por volta do km 8 encontro uma "alma "que não mais larguei até á meta pois disse- me queria fazer exactamente 1h50...
Eugénia 
 minha companheira desta viagem
Vi ali uma ajuda preciosa que  muito me valeu dado o meu péssimo estado de forma.Na subida para Fridão eram muitos os lamentos de quem cá corria a primeira vez ...eu caladinho para não estragar o "negocio".. Eugénia ( assim se chamava a minha companheira de Viagem)..me dá alento para enfrentar aquele duro percurso até ao retorno.
De regresso fiquei sem dados do meu GPS ..mas confiei na companhia que me ajudou praticamente até á meta onde terminei com 1:50:30 ...esta que foi a minha 56ª meia maratona.!
Quanto á organização tenho obviamente uma opinião que algo deve ser mudado para que se continue a ter esta prova na cidade  , estou certo que os seus responsáveis vão reflectir e encontrar a melhor solução .Pedia apenas de uma vez por todas sejam "irradiados todos os que não gostam da corrida "e que não correndo" o percurso na sua totalidade deixem de cortar a meta .
A organização tem meios para os eliminar e até a hora que escrevo continuam lá ..na classificação .
A todos os que nos visitaram em meu nome obrigado e voltem sempre a esta magnifica cidade.
Quanto a mim  até um dia destes para mais uma aventura num qualquer lugar da terra!!
Boas corridas.

quinta-feira, 16 de fevereiro de 2017

A"nossa Rainha está doente"

Que este seu sorriso nos continue a contagiar
Força ANALICE
A comunidade corredora está por estes dias destroçada pelas noticias da grave doença da "Rainha da estrada , Analice Silva.Esta pequena grande Mulher que pessoalmente conheço á uma dúzia de anos é uma autentica inspiração para todos os que gostam desta modalidade e que a encaram com  o mesmo espírito que ela sempre encarou , com um sorriso felizes por aquilo que fazem !
Muito já se escreveu nestes dias sobre ela , o mundo da corrida está solidário e a torcer por um milagre para que a continuamos a ter entre nos , hoje vi um video com uma mensagem para todos nós amigos e corredores anónimos que a admiram o seu estado de doença não a impediu de se dirigir a todos apesar das dificuldades de comunicação que se compreendem.
Esta senhora é um exemplo , tem uma historia de vida verdadeiramente "arrepiante", mas isso não a impede de sorrir e passar sempre uma mensagem de esperança .Ainda recordo as suas palavras na maratona do porto em 2012 quando estive juntamente com a Natércia a falar largos minutos com ela  antes da prova , quando soube que a Natércia se ia estrear na mitica distancia fartou-se de lhe dar conselhos ..."Vai com calma minha filha , ouve o teu corpo , tu consegues"!Palavras sábias de uma verdadeira campeã que em 2016 correu qualquer coisa como  36 – Provas , 11 ultras maratonas-,2 maratonas -12 provas entre 21 a 34 km,- 11provas entre 10 e 20km com destaque para os  100km de S. Mamede e os 100km de  Lousada assim como as 24 horas de Portugal em que correu 151km!!!!!!
Tudo isto fez esta Grande mulher de 72 anos que hoje mais que nunca precisa do apoio de todos os que adoram ver correr.
Como homem de Fé espero e desejo que Deus lhe devolva a alegria de correr !!!Força ANALICE!!!

terça-feira, 24 de janeiro de 2017

19ªMeia Maratona Manuela Machado, Viana fica no Coração

Com o Vencedor , Nuno Costa .
Regressamos este fim de semana ás corridas de longa distancia desta feita participando na 19ª Meia Maratona Manuela Machado  .
Fui com a Natércia que á quase dois anos que não corria meias maratonas pelos motivos que tenho escrito em textos  anteriores ...mas como é teimosa mesmo em dificuldade quis participar sabendo que correr mais que 10/12 km é um risco para as lesões que tem...enfim os corredores são mesmo loucos e ela não foge á regra .
Comigo também foi o meu amigo e companheiro de treino Paulo Abreu que tal como eu não tinha participado na edição de 2016.
Como tenho escrito não estou a passar uma fase de grandes treinos apenas uma duas vezes por semana mas o "bichinho" está cá e quando chegam as alturas destas provas mais emblemáticas não resisto a participar , apesar de saber que vou sofrer devido á falta de treino.
Mas correu dentro do previsto , projectamos eu e o Paulo para 1h50 e quase que conseguimos ..não fosse as mazelas virem ao de cima na parte final e o objectivo era alcançado.
eu com 1h51:08 e 1h52:  o Paulo ...a Natércia  vinha lindamente até aos 13 km altura em que tal como eu previa ..rebentou pelo sitio do costume  ..."Joelhos"!
Optou por caminhar e correr os últimos kms para não desistir ...ela é valente  e sabe sofrer !!!2H14:09
estes os tempos do nosso relógio pois á hora que escrevo ainda não vi os tempos chip.
Como curiosidade de referir que o vencedor absoluto foi NUNO COSTA atleta amarantino que representa o Maia .

A prova no limite

Na minha opinião esta prova está no limite em termos de presença de atletas , como se sabe todas as provas de estrada estão a perder atletas para as provas de trail e esta não é excepção , no entanto não deixa de ser extraordinário  numa cidade do interior longe dos grandes centros urbanos reunir 2618 atletas numa meia maratona apesar da quebra relativamente ao ano anterior de 158 atletas.
Participei a primeira vez em 2006 em que terminaram 797 ...por aqui se pode ver o progresso desta prova organizada com o nome da antiga campeã do Mundo da Maratona Manuela Machado.

organização 

Tal como nos tem habituado Viana recebe de braços abertos , organização irrepreensível , a todos os níveis , pena o tempo muito frio que se fazia sentir e tenha afastado muito publico , mesmo assim a prova teve muita animação ao longo do percurso. 
Terminei assim mais uma presença numa meia maratona que para mim foi a 55ª , espero apesar dos problemas físicos que tenho poder continuar a participar nesta festa do desporto.
Parabéns a todos os que participaram neste grande evento a até á próxima aventura .


quarta-feira, 4 de janeiro de 2017

Trail ..até quando ?

Foi com espanto que por estes dias vi publicado numa das muitas paginas que sigo sobre a corrida  , que em 2016 se realizaram qualquer coisa como 330 provas de trail !!!!
..a minha ultima participação numa prova de trail..em 2015.
Seria impossível de imaginar á uma década atrás este numero verdadeiramente extraordinário que movimentou milhares de atletas um pouco por este Portugal.
Corri a primeira vez em montanha vai para 10 anos uma prova integrada no circuito nacional de montanha organizado pela Federação Portuguesa de Montanha na região de Vila Real .
Fui pela curiosidade de correr na montanha e pelo gosto que tenho pela floresta .
Nessa época pouco ou nada se falava de trail , estavam as corridas de estrada na moda com provas de centenas de atletas que em poucos anos passaram para milhares.
Confesso que apesar de estar fisicamente muito bem preparado ( ao contrario de agora)não fiquei muito entusiasmado com a experiencia ...na semanas seguintes o empeno de subir e descer a serra deixou-me de rastos ...
Com o aparecimento das provas de trail ainda tentei voltar  corri 4 todos aqui na minha região mas já decidi que trail ..não obrigado.
O meu "esqueleto"já fustigado de muitas mazelas não aguenta, em especial os joelhos que ficam verdadeiramente "destruídos"nos dias seguintes.
Foi precisamente na procura de "reparar"os ditos joelhos que em conversa com alguns profissionais da saúde desde médicos a fisioterapeutas lhe perguntei das vantagens e desvantagens de praticar este tipo de corrida pois no meu caso pessoal os resultados estavam á vista..
A resposta foi algo que eu já pensava ...dentro de poucos anos os  problemas da pratica intensiva deste tipo de corrida vão começar aparecer .
Nada me move contra o trail mas até quando irá continuar este extraordinário crescimento se as perspectivas no que diz respeito á saúde são tão negativas ?
Esperar para ver ...e oxalá esteja enganado !
Sejam felizes a correr !!