segunda-feira, 10 de abril de 2017

1ª Meia Maratona de Ílhavo ...autentica prova de superação!!

A Meia Maratona mais PLANA DO MUNDO!!!!

Quarteto na 1ªMeia maratona de Ílhavo
Decidi que este ano queria participar em provas diferentes , afinal correr a este nível também contribui para um conhecimento mais profundo do que temos de bom em Portugal , em especial de terras que ainda não conhecemos.
Era o caso de Ílhavo , uma cidade do distrito de Aveiro situada na zona da costa nova e conhecida pela sua actividade marítima e a ligação á marca mundialmente conhecida da Vista Alegre.
As coisas estão a voltar ao normal , pois durante um ano apenas treinei ao domingo , nesta fase corro 3 vezes por semana .
O nosso grupo reuniu quatro "aventureiros"logo pela manhã , o irmão da Natércia  foi a ultima aquisição , ele que chegou de véspera e pediu para o inscrever ...coisa de malucos , pois tinha acabado de fazer 14 horas de avião!!!
 Saímos da princesa do Tâmega com 5º ..para chegar a Ílhavo pouco mais de uma hora com 16º!!!
Todos temos os nossos dias...qualquer coisa me dizia que não era o meu dia ..e tal se veio a verificar..
Despachados os levantamentos dos dorsais seguimos a tradição de contribuir para a economia local tomando o pequeno almoço na terra que nos recebe , um café e um pastel !
Regressamos para a zona da prova onde por volta das 9h45 fizemos um pequeno aquecimento ..e foi aí que me apercebo que não estou a sentir-me bem mas nada digo para não assustar os meus colegas de aventura (Natércia ,Paulo, e Zé Manel).
De repente a avenida ficou bem composta e os quase mil inscritos partiram com os termómetros marcar 20º.
Tínhamos combinado que cada um fazia a sua prova , mas eu e o Paulo mantivemos-nos juntos durante os primeiros kms ..altura em que eu lhe disse  para seguir pois não estava bem e ia mais devagar..
algo se passava o corpo não reagia e nunca me tinha sentido assim!!!aos 8km o  abastecimento e eu paro. ..bebo uma grf de agua e caminho...reatando muito devagar a corrida.
Comecei a ter um misto de sentimentos em que o espectro da desistência andou por ali...mas de repente pensei que desistir nunca mesmo que tivesse que fazer a prova a passo!!
Começo a tentar encontrar situações que tivessem contribuído para tão grande mal e estar ...e eram tantas que fico pior!!pergunto a mim mesmo :..onde está o atleta que já tem 56 meias.. 5 maratonas?..tento encontrar argumentos mas nada...por esta fase já tinha esquecido o tempo a fazer só queria terminar..passo aos 10 km com 55`e aproveito a zona do retorno para ver se via a Natércia e fazer a prova com ela ..eis que ela aparece , paro e vou ter com ela sem nada dizer do meu estado..digo que vou com ela mas não deixa!!!Pensava ela que me ia prejudicar!
Sigo o meu destino ao km12 outro abastecimento , paro bebo uma grf de agua e caminho ..e é aqui que tenho vómitos , só tive tempo de ir para o passeio e deitar fora tudo o que tinha no estômago!..que mais me irá acontecer ..digo eu , ..retoma o percurso mas a caminhar e algumas centenas de metros á frente retomo a corrida até parar por volta dos 17km..mais um abastecimento ...mais agua e muita agua o calor era tórrido!!!
Por esta altura só queria ver a meta ..tempo? ..não importava pois sabia que seria minha pior meia maratona de sempre ..facto que se veio a confirmar pois quando cortei a meta pelo meu relógio tinha 2h1:30!!!!

Percurso
A Prova é totalmente plana , não tem pontos de recuperação , nunca vi nada igual que a juntar á temperatura  ... partimos com 20º para terminar com 30º torna tudo ainda mais difícil!

Os meus parceiros terminaram a prova dentro do possível , todos se queixaram do muito calor que se fazia sentir .A Natércia que teimou em participar , apesar de continuar com os problemas do joelho esteve muito bem para aquilo que eu pensava ..parou mais de 10 vezes para alongar mas terminou bem , mas terá que repensar a sua participação em provas de longa distancia.

A organização esteve ao mais alto nível , muitos abastecimentos líquidos e sólidos , muitos chuveiros  para refrescar os atletas , e ainda puderam contar com o apoio da população que dadas as condições climatéricas adversas se disponibilizaram  para "regar"os atletas com mangueiras das suas próprias residencias. Á hora que escrevo ainda não estão disponíveis os resultados ..mas no nosso caso isso é o menos importante.E assim foi mais uma aventura , espero voltar e que o "filme" a contar seja diferente.
Boas corridas!








2 comentários:

  1. Há dias que não são mesmo os nossos duas.
    Parabéns pela resistência a tanta adversidade!
    Um abraço

    ResponderEliminar
  2. Há dias assim, mesmo assim acabaste, juntaste mais uma à contagem e tens mais histórias para contar.
    Grande Abraço

    ResponderEliminar