segunda-feira, 21 de dezembro de 2015

IV Amarante Christmas Trail , no limite da superação..


(foto Elisabete Ribeiro)
A minha participação no IV Amarante Christmas Trail foi para mim a prova que a " mente" é de facto a parte mais importante em nós enquanto seres humanos.
Depois de á pouco mais de 20 dias ter participado na Extreme Geres Marathon designada a maratona de estrada mais dura do mundo , decidi participar neste trail em condições nada aconselháveis para a pratica da corrida ...mas lá está a cabeça é que manda.
resumo da minha prestação , o tempo oficial é de 3:47.03
e não o que aparece no resumo do GPS ..a diferença é do tempo
que perdi nos abastecimentos
A dor que me acompanha á mais de 2 meses na zona pélvica tem impedido de treinar com regularidade mas decidi participar em primeiro lugar por a prova ser na minha cidade e porque também gosto de desafios fora do comum , que me levem ao limite da minha superação...coisa que desta vez aconteceu mesmo.
Já tinha participado na edição anterior mas este ano aumentou e muito o grau de dificuldade , eu que não sou muito adepto do trail mais de corrida em estrada sofri a bom sofrer em algumas partes do percurso de uma dureza incrível.
Decido e muito bem ( vim a verificar no fim) começar com muita calma sabia que os mais de 28 km que tinha pela frente eram de uma exigência  grande que a juntar ás minhas limitações físicas eram obstáculos  a ter em conta .A primeira parte do percurso era de loucos aos 10km passei com 1;19:57 !!!Ou seja por aqui se pode ver ..o que em condições normais na estrada são 45/50 minutos .
Corri sem objectivos de tempo o que deu para ver a paisagem conversar com outros atletas que ia encontrando pelo caminho alguns muito desanimados ...pois não estavam á espera de tantas dificuldades.
Durante a prova fiquei com um certeza que o trail não é decididamente a minha praia , já corro á muitos anos mas que me desculpem os adeptos desta nova "moda"quando se põe em risco a nossa integridade física (como me aconteceu com uma queda num ribeiro) o desporto a este nível deixa de ter prazer.
 A parte mais importante é de facto o contacto com a natureza , conseguido-se ir a locais que de outra forma não seria possivel , mas também já se vê muita competição o que no meu entender desvirtua o verdadeiro espírito do trail.Foi no entanto mais uma experiencia interessante com uma organização muito competente a todos os níveis. Terminei  a minha prova com 3:47:03 ...o possivel !



1 comentário:

  1. Muitos parabéns pela superação, caro amigo.

    Sei que toda a organização é mais importante que um simples nome mas porque se chamará de Christmas quando o nome Natal é tão bonito?

    Um abraço e um feliz natal a toda a simpática família Costa!

    ResponderEliminar

Pausa na Corrida

Pouco mais de 48 horas após a Meia Maratona de ovar tive um problema de saúde  por esse motivo  irei "Fazer uma Pausa na corrida&qu...