segunda-feira, 6 de outubro de 2014

26ª MEIA MARATONA DE OVAR , A PROVA QUE OS DIAS NÃO SÃO TODOS IGUAIS..

Realizou-se este domingo mais uma edição da meia maratona cidade ovar , a 26ª.
Tal como tinha escrito aqui no ultimo poste a nossa participação tinha entre ouros objectivos dar continuidade á preparação para a maratona e assim foi , mas nem tudo correu como o que estava a pensar , mas a vida é mesmo assim e no que toca a corridas todos os que andam nestas andanças sabem que certos dias o melhor é não sair de casa...mas não foi tão mau a esse nível.
Para este fim de semana estava previsto um treino de 25 kms , por isso decidimos antes da prova correr 4km a um ritmo lento como convém para o aquecimento.
Quando nos deslocamos para o local da prova faltavam menos de 10 minutos , a avenida já estava "engalanada"e entupida com os cerca de 4000 participantes nas duas provas por isso a solução foi mesmo ir para a retaguarda facto que levou que quando foi dada a partida só passado quase três minutos se começou a correr .
Fiz como estava previsto o primeiro km com a a Natércia sabia que ela não estava muito bem pois esta semana os joelhos "queixaram-se"da carga de treino mas como tem muita capacidade de sacrifício tomou um comprimido para as dores e deu para aguentar até cerca dos 12km altura em que as dores apareceram de novo .No meu caso programei a prova para 5`por km mas não consegui o objectivo , não sei o que se passou mas entre o km 10 e 15 senti uma forte dor nas pernas que curiosamente foi  desaparecendo a partir dessa altura , terminei com algum sacrifício o que não gosto muito mas dias há´que as coisas não são como se quer , a média foi estragada por pouco o tempo de 1:47:02 é o melhor que consegui fazer , bem longe da 1:32:32 que já tenho nesta prova
A Natércia terminou com 2:04:01e só a sua capacidade de sacrifício e a ajuda preciosa de um veterano de 64 anos permitiram que termina-se .
De facto os dias não são todos iguais e se esta prova era para dar animo de certeza que não deu , mas temos que acreditar , afinal de contas só nós os corredores sabemos que sem sacrifício nada se consegue , para se poder dizer :eu consegui é preciso saber sofrer pois sá assim as coisas têm um sabor especial.

 A organização

Como já tive oportunidade de dizer esta foi a minha 9ª participação em Ovar e a 46ª meia maratona do meu percurso no mundo das corridas , a organização esteve a um nível bom , e só não foi excelente porque continua a cometer o erro (na minha opinião)de tirar dignidade aos atletas que chegam no ultimo terço da corrida, ainda ontem vinham atletas em prova e aqueles últimos 200 metros mais parecia uma "feira"levando alguns atletas a eles próprios terem que se desviarem do publico para passar , como costumo dizer são tão importantes os primeiros como os últimos e á que respeitar todos.Então até breve  boas corridas

1 comentário:

  1. Nem todas são como queremos mas está feita e os quilómetros estão aí.
    Um abraço e até ao dia 2

    ResponderEliminar