sábado, 8 de novembro de 2014

42 KM de paixão dor e emoção...eis a maratona

As nossas medalhas para a posteridade
Apenas hoje é possível falar sobre a nossa participação na maratona do porto .Decidi para ser o mais sintético possível resumir a participação na maratona em três palavras fortes , que muito dizem do que lá se passou :Paixão , Dor e Emoção.

Esta que para mim era a 3ª maratona e para a Natércia a 2ª tinha sido preparada quase em cima do joelho e com algumas situações de lesões que logo me levaram a estabelecer um objectivo de apenas só terminar e mai nada.
A PAIXÃO  que temos pela corrida ia fazer o resto pois quando se está a fazer parte de um acontecimento a este nível é difícil não estarmos constantemente envolvidos com tudo o que nos rodeia mesmo que a Dor nos queira perturbar .
Uma autentica loucura esta maratona que bateu todos os recordes de participação , logo começou aí a minha alegria de participar , foi um ambiente anormal ver tanta gente a correr a maratona algo impensável á 5 anos quando corri a primeira.
Chegados ao palácio cristal  muito cedo pois nestas coisas sou muito rigoroso , logo comecei a ver muitos e muitos amigos que também eles estavam ali para a festa...o tempo passou muito ´rápido , sempre assim é quando a conversa está boa e se fala do que se gosta , por um lado foi bom pois ajudou a afastar aquele nervoso miudinho que inconscientemente toma conta de nós.
Coloquei-me no sector das 4 horas tal como a  Natércia , os meus objectivos passavam por ali.Encontrei lá os amigos amarantinos  e outros que também eles tal como eu também já estão noutros patamares e agora andam mais devagar.

Começou a emoção e a avenida Júlio Dinis transformou-se num mar de gente , lindo de se ver um arrepio incomparável e indescritível.
Segui na companhia dos meus conterrâneos Fernando e cândido  também eles já conhecedores destas andanças , permanecemos juntos até ao km11 altura em que o Cândido decide aumentar o ritmo fiquei com o Fernando que pouco depois decide abrandar , continuei sem sentir nada de especial e consciente que aquele ritmo iria terminar bem.Aos 15km pela primeira vez vou ao abastecimento um pouco de agua e continuei a tentar manter o ritmo procurando atletas que também eles tivessem os meus objectivos de terminar bem e se possível na casa das 4h.
A Natércia e o Simão
 a poucos metros de cortar a meta
Á meia maratona passei com 1H50  e continuava tudo dentro do normal , passada a ponte Dº Luís começo a ver os primeiros  atletas  conhecidos a vir já da Afurada , ao km 25 pela primeira vez desde que corro recorri ao abastecimento solido , senti que a maquina estava  a precisar de alimento , uvas passas e que bem que me souberam e fizeram.
A partir dali o meu pensamento estava virado para a Natércia , preocupei-me em a ver no retorno para ver como ela ía e eis que ao km 29 para mim e 25 para ela ,  ela aparece com um sorriso de orelha a orelha para me dar um sinal que tudo estava bem...não resisti atravessei fui ao seu encontro e dei-lhe um grande beijo ...foi um momento de grande EMOÇAO que como devem calcular deu azo a muitos comentários e que transcrevo um de um atleta que se aproximou de mim e disse:Lindo, grande momento!
É óbvio que me sinto muito feliz por partilhar estas emoções com quem diariamente faz parte da minha vida e participa activamente na minha felicidade.
Continuo quase em piloto automático e eis que por volta do km 34 sinto uma forte dor no pé .....tentei esquecer mas não deu , ao km 35 encontro o amigo Fernando Andrade do blog cidadão de corrida que tento levar comigo mas também ele estava a passar por um momento menos bom.
Parei mesmo tirei a sapatilha para aliviar a DOR mas logo vi que só tinha uma solução que era andar a passo alternando com corrida  para aliviar a dor provocada por um neuroma que tenho no pé.....estava zangado de tanto bater no chão...e resolveu aparecer .
Assim fiz foram 7 kms penosos onde perdi muito tempo , sofri a dor constantemente mas resisti a não desistir...terminei a minha Odisseia com 3:56:40 mesmo assim dentro do previsto.
Era agora tempo de ir ver a Natércia, por esta altura um autentico diluvio cai sobre a cidade do porto , foi pena pois não deu para confraternizar com os colegas que já tinham chegado e outros que estavam para chegar, o cenário foi arrasador era tudo a fugir tal era a intensidade da chuva ,
Caminhei até ao km 42 e esperei aí por a Natércia que passado pouco tempo aparece com o Simão que a tinha ido esperar ao km 41...foi uma emoção muito grande mais uma vez cortar a meta com o nosso filho ...chegou feliz também ela dentro do que estava á espera tirando mais de 8 minutos ao seu anterior tempo ,terminou com 4:34:35 .
Uma palavra final para a organização que como sempre esteve ao nível muito elevado , recebendo milhares de pessoas de 51 países e 5 continentes.
Muitos parabéns a todos os que participaram nesta grande festa recorde em Portugal.

6 comentários:

  1. Grande Maratona a tua e a da Natércia. Muitos parabéns para os dois, é muito bonito ver um casal como vocês.
    Grande abraço

    P.S. ..e gostei de te ver :)

    ResponderEliminar
    Respostas
    1. Obrigado Carlos , correu bem em especial á Natercia pois tinha a ultima "atravessada"quando desmaiou...vamos-nos vendo por aí .abraço

      Eliminar
    2. Essa foto da Natércia está o máximo! E tão bom ter assim o filhote ao lado. Nem consigo imaginar as emoções vividas pela Natércia nesses momentos.

      Parabéns à Natércia e ao Joaquim por esta meta cortada! Mas correr com dor...não gosto! Podemos querer que a cabeça e o coração mande mais que o corpo, e aguentamos muito, mas a lesão está lá, é real e não nos deixa esquecer...

      Agora é tratar-se Joaquim! Beijinho aos 2 e outro ao filhote que naquelas condições esteve tão bem ao lado da mãe!

      Eliminar
    3. Sem duvida Ana são sensações unicas que não muito para explicar , ele sempre nos acompanha nas provas desde criança e agora apesar de já ser "homenzinho"continua salvo algumas excepções..quanto á dor já estou melhor aquilo é cronico não tem muito a melhorar é mais quando corro longas distancias.BJ par si e as melhoras para o seu pai.

      Eliminar
  2. Muitos parabéns Joaquim e Natércia.
    Ultrapassaram todas as dificuldades e completaram mais uma maratona. Mais uma é como quem diz...pois é preciso ter muita coragem e dedicação para terminarmos uma maratona. Vocês são grandes!

    Gostámos muito de vos rever.

    Beijinhos e até uma próxima! :)

    ResponderEliminar
    Respostas
    1. Obrigado , gostamos igualmente de os rever .Parabéns também para si e para o Vítor por ter terminado mais uma corrida mítica como é uma maratona. Bj para si meus e da Natércia e um grande abraço ao Victor

      Eliminar

Um "Mar de atletas" Invadiu o Porto de Leixões

...quase a terminar um Verdadeiro Mar de atletas invadiu ontem  o Porto de Leixões na 4ª  CORRIDA PORTO DE LEIXÕES   prova organizada...