segunda-feira, 15 de abril de 2019

O tempo.. esse grande Conselheiro ...

MM
Barcelos 2015
Não é segredo para ninguém que a participação em provas de estrada atingiu o seu limite em Portugal.
Foi uma década de ouro em que a moda da corrida "pegou de estaca"...mas como tudo na vida tem um limite.São muitos os factores que contribuíram para este estagnar no numero  de participantes em corridas de estrada.
O aparecimento de especialidades de corrida como o Trail resgatou muitos atletas , ora porque também é moda por ser a ultima descoberta da corrida ou porque para muitos correr nas serras e montes é mais fácil com ritmo menos constante e se pode observar a natureza.
Certo é que as quebras de participantes têm sido muitas ,  com números  que muitas vezes não correspondem á expectativa dos seus organizadores excepção são a Meia maratona de Lisboa que ano após ano continua a ser a única que não só mantém como regista um aumento de participantes registando este ano um recorde de 10.607 ATLETAS A CORTAR A META.!!!
Também as organizações têm muita responsabilidade na quebra de participantes , organizar uma prova nunca é fácil mas o foco deve ser sempre os atletas e não outros interesses , sejam eles institucionais , políticos ou comerciais .
Ainda me lembro da minha revolta e de muitos atletas numa meia maratona da Nazaré , a mãe de todas , quando no final não deram o habitual prato de participação , em resposta á pergunta responderam que foi a crise ...é um pequeno pormenor mas que levou a que no ano seguinte a participação tivesse um quebra abrupta .
Não sou um visionário mas coisas existem que só não vê quem não quer.Em 2015 participei na 2ª Meia Maratona de Barcelos  , no texto que escrevi á data aqui no blog relativamente á organização algo me dizia que o futuro da prova teria vida difícil.


O tempo , esse grande conselheiro veio me dar razão em 2015 terminaram 674 atletas , na prova de 2019 que se realizou este domingo terminaram 208 atletas!!!Não é com alegria que escrevo isto , até porque é uma terra que muito me diz em termos familiares , mas são factos e contra eles não há argumentos .

Boas corridas 
e Sejam felizes. 


3 comentários:

  1. Sim, comentário pleno de oportunidade e verdade.
    Aliado a tudo isso, há igualmente a proliferação de provas na mesma data e bem perto umas das outras.
    Mas, como muito bem foi dito, desprezar os verdadeiros clientes (o grosso do pelotão), acaba por matar a galinha de ovos de ouro.
    A ver vamos mas, o céu está cinzento.
    Abraço
    MIKE
    Happyrun

    ResponderEliminar
  2. Sim , estou de acordo , também esse aspecto da proliferação das provas nas mesmas datas .
    Mas o foco tem que ser sempre os chamados atletas do pelotão ( no qual eu faço parte)
    Abraço e boas corridas.

    ResponderEliminar
  3. Com tantas provas hoje em dia, começa a ser difícil diferenciá-las. Só as melhores (e com melhor marketing) resistirão.
    Agora, até já devolvem o valor da inscrição em cupão nas grandes e acessíveis marcas, como na corrida milionária.

    ResponderEliminar

O Valor das pequenas coisas..

"Fazer de cada momento uma vida e da vida um único momento ,  isto é a felicidade"    ( R oque Scheneider -O valor das pequenas c...